NOTÍCIAS MAIS VISTAS NO ANO

sexta-feira, 24 de abril de 2020

MORAL CARATER E HONESTIDADE - EP. 01: Moro rebate Bolsonaro e diz que não negociou vaga no STF

Honestidade | Demodelando

HONESTIDADE: Traduzido do inglês-Honestidade é uma faceta de caráter moral que conota atributos positivos e virtuosos, como integridade, veracidade, franqueza, incluindo franqueza de conduta, juntamente com a ausência de mentiras, trapaça, roubo, etc. Honestidade também envolve ser confiável, leal, justo e sincero. Wikipedia (inglês)

MORAL: Moral é a diferenciação de intenções, decisões e ações entre aquelas que são distinguidas como próprias e as que são impróprias. Seria importante referir, ainda, quanto à etimologia da palavra "moral", que esta se originou a partir do intento dos romanos traduzirem a palavra grega êthica. Wikipédia

E

CARATER: Caráter ou carácter é um termo usado em psicologia como sinônimo de personalidade. Em linguagem comum o termo descreve os traços morais da personalidade. Muitas pessoas associam o caráter a uma característica relacionada à Genética, o que não ocorre. Wikipédia


Moro rebate Bolsonaro e diz que não negociou vaga no STF

© Ed Alves/CB/D.A Press

O ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, levou poucos minutos para rebater acusações do presidente Jair Bolsonaro de que ele teria condicionado a saída do diretor-geral da Polícia Federal, Maurícia Valeixo, com a indicação dele para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). 

Em pronunciamento na tarde desta sexta-feira (24), Bolsonaro disse que Moro afirmou que ele só poderia trocar a direção da PF em novembro, quando indicasse ele ao Supremo, com a aposentadoria do ministro Celso de Mello. Minutos após o discurso, por meio do Twitter, Moro contestou a informação. "A permanência do Diretor Geral da PF, Maurício Valeixo, nunca foi utilizada como moeda de troca para minha nomeação para o STF. Aliás, se fosse esse o meu objetivo, teria concordado ontem com a substituição do Diretor Geral da PF", escreveu o ex-ministro.

Pela manhã, em seu discurso de despedida do Ministério da Justiça, Moro afirmou que Bolsonaro tentou acessar relatórios sigilosos da PF e que assumiu que trocaria o comando da corporação por interesses políticos. O procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou ao STF abertura de inquérito para investigar as declarações. O alvo é o presidente da República, mas na solicitação, Aras destaca que se Moro não estiver falando a verdade, pode responder por denunciação caluniosa.

Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Favor comentar sem palavras ofensivas.

Publicidade Google

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Americanas.com

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade Shoptime

Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta
Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade PagSeguro

PagSeguro BR

Publicidade Sumup