Publicidade Google

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Pesquisa Datafolha mostra que Lula mantém vantagem

Edilson Dantas
Em cenário sem o petista, Jair Bolsonaro lidera seguido por Marina Silva.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), manteve vantagem sobre os demais pré-candidatos à Presidência da República. Segundo o levantamento, que foi realizado na segunda e na terça-feira, o petista tem até 37% das intenções de voto. No entanto, a briga por uma vaga fica acirrada caso Lula seja impedido de disputar a eleição — a condenação na segunda instância do Judiciário o enquadra na Lei da Ficha Limpa. 

Lula lidera o primeiro turno em todos os cenários em que seu nome é colocado, com percentuais que variam de 34% a 37%.Em um cenário sem Lula, Bolsonaro aparece com 18%, seguido por Marina (13%), Ciro Gomes (10%), Alckmin (8%) e Luciano Huck (8%).

SEGUNDO TURNO

No segundo turno, Lula venceria o tucano Geraldo Alckmin por 49% a 30%; a ex-senadora Marina Silva (Rede) por 47% a 32%; e o deputado Jair Bolsonaro (PSC) por 49% a 32%. Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro também seria derrotado por Marina Silva (42% a 32%) e Alckmin (35% a 33%).

O Datafolha fez 2.826 entrevistas em 174 municípios. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR 05351/20018. O levantamento foi divulgado pelo jornal "Folha de S.Paulo".

TRANSFERÊNCIA DE VOTO

O Datafolha também mostra que Lula perdeu potencial de transferência de voto. Em novembro, o percentual de eleitores que não votariam no político apoiado por Lula era de 48%. A pesquisa desta quarta-feira registra 53% de rejeição a qualquer nome indicado pelo ex-presidente.

Apesar da queda, a influência de Lula não pode ser desconsiderada como cabo eleitoral. Isso porque 27% dos entrevistados ressaltam que o ex-presidente "com certeza" influenciaria suas escolhas, e 17% afirmam que "talvez" seguissem a indicação do petista.

O Datafolha também levantou como seria a performance do juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação de Lula na primeira instância, no ano passado. Segundo a pesquisa, 50% dos entrevistados não votariam no candidato apoiado pelo magistrado, enquanto 25% confirmaram que seguiriam a indicação dele. Outros 22% admitiam a possibilidade de ouvi-lo e votar com ele.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, por sua vez, garante o voto de 11% dos eleitores aos seus apadrinhados. Outros 22% estudariam votar no nome apoiado pelo tucano. Mas 64% dos entrevistados rejeitam a indicação do líder do país entre 1995 e 2002.



Michel Temer é o cabo eleitoral mais impopular das opções estudadas pelo instituto: 87% dos eleitores rejeitam o candidato do presidente, apenas 4% acolheriam a indicação e 8% avaliaram a possibilidade.

Por O Globo

Facebook passa a priorizar notícias locais no feed

Tech Tudo
Posts de veículos locais ou notícias da região aparecerão primeiro.

Facebook anunciou, na segunda-feira (29), uma mudança no feed de notícias, que passará a priorizar a exibição de notícias locais. Com a novidade, a rede social pretende oferecer maior visibilidade a fontes de informação da cidade onde o usuário se encontra. Ou seja, se a pessoa segue uma publicação local ou um amigo compartilha uma história da região, esses links tendem a aparecer primeiro.

De acordo com o blog do Facebook, o objetivo da mudança é oferecer destaque a assuntos que têm impacto direto no usuário ou em sua comunidade. Por enquanto, a mudança no feed chega apenas para os Estados Unidos. No entanto, a promessa do site é expandir o recurso para outros países ainda neste ano.

O criador do Facebook, Mark Zuckerberg, também se pronunciou em seu perfil na rede sobre a novidade. Segundo o CEO da companhia, a mudança quer garantir que o Facebook não seja usado apenas para diversão, mas que também traga benefícios para a sociedade. “Pesquisas sugerem que ler notícias locais está diretamente relacionado ao engajamento cívico. Pessoas que sabem o que acontece ao seu redor são mais propensas a se envolverem e a ajudarem a fazer a diferença”, explicou em um post.

Tanto veículos locais maiores quanto aqueles focados em temas específicos, como esportes, artes ou histórias em geral, terão espaço no novo feed. Assim, páginas menores poderão se beneficiar com a novidade, já que tendem a ter uma grande concentração de leitores em regiões específicas.

Busca pela qualidade de informação

A mudança no feed é mais uma modificação realizada pelo Facebook para combater a desinformação na rede social, o que inclui notícias falsas, sites que caçam cliques ou sensacionalismo. Assim, a plataforma pretende ampliar a qualidade do conteúdo compartilhado pelos usuário.

No final de 2017, o site alterou a na forma de denunciar e sinalizar fake news para torná-la mais efetiva e informativa. Além disso, uma das mudanças mais recentes pretende priorizar publicações de cunho pessoal, feitas por amigos e familiares, em relação àquelas de caráter comercial.

Aparentemente, as surpresas não param por aí. “Notícias locais ajudam a construir comunidade, tanto online quanto offline. Isso é uma parte importante para assegurarmos que o tempo que passamos no Facebook é válido. Estou ansioso para compartilhar mais novidade logo”, co

Por: Tech Tudo

Mara é a primeira eliminada do BBB18 com 55,45% dos votos

Tv Globo
Cientista política saiu no Paredão que disputou com Ana Paula.

Mara é a primeira eliminada do BBB18 com 55,45% dos votos. Ela se abraçou e despediu dos confinados. "A gente se vê lá fora", diz a mineira para os colegas de confinamento. A cientista política abraça Ana Paula e pede: "Juízo".

Relembre a trajetória da sister

A passagem de Mara pela casa mais vigiada do Brasil durou apenas uma semana, mas a cientista política não passou despercebida pelos olhos atentos de todo o Brasil. Antes de entrar na casa, a mineira já tinha deixado avisado que poderia ser vista como vilã por algumas pessoas e até fez uma pequena previsão: “Se eu não ganhar o Líder, estou perdida”. A mineira foi justamente indicada pelo Líder Mahmoud e não sobreviveu ao Paredão.

Apesar do pouco tempo de confinamento, a cientista política aproveitou muito bem a passagem pelo BBB. Ela ganhou massagem de Lucas, apelidou Kaysar, deu palpites amorosos, fez estratégia de jogo, dançou funk, consolou Patrícia e tretou!

Ao ser excluída da Prova da Comida, Mara deixou transparecer que não ficou nada feliz com o fato, foi tirar satisfações com os envolvidos e deixou a entender que tinha “falsiane” habitando a casa.

A mineira, que é ariana, deixou sua marca na casa mais vigiada do Brasil. Agora é hora de curtir do lado de fora!

Por: GShow

Candidatas ao Rainha recebem orientações durante aula

Ivan Duarte/Especial
BELÉM/PA - Coreógrafa Clara Pinto reúne rainhas para encontro com foco na passarela.

As candidatas ao título de Rainha das Rainhas do Carnaval 2018 participaram, ontem (31) pela manhã, na Escola de Dança Clara Pinto, no bairro de Nazaré, de um momento importante para elas: uma aula teórica com a coreógrafa Clara Pinto, da coordenação do concurso. Durante quase uma hora, elas receberam informações importantes sobre como se portar no dia do desfile, marcado para a próxima sexta-feira (2), a partir das 22 horas, no Hangar, em uma promoção das Organizações Romulo Maiorana (ORM). Clara Pinto disse que o momento era muito especial. “É uma aula teórica, que ocorre há mais de dez anos. Uma aula sobre a passarela, sobre as entradas e saídas que elas têm, sobre quem é a líder do grupo”, explicou. 

A coreógrafa explicou que o sorteio da ordem do desfile será feito na hora. Logo, nenhuma candidata sabe o seu número antecipado. “Então tenho que montar um croqui, antes, e ensaiar com elas aqui, nessa aula teórica, para quem for a líder. Para que elas saibam por onde vão entrar o primeiro, segundo e o terceiro grupos. Que tempo elas vão ter pra fazer isso e a hora da saída, porque são fantasias muito grandes”, disse ainda. 

Além das informações sobre o desfile individual e em grupo, o encontro representou também o momento de passar para as candidatas um pouco de tranquilidade. “Essa é a minha missão: dar tranquilidade, paz, segurança. Conversar com elas para que, na hora, fiquem bem tranquilas. Não deixem as pessoas falarem e elas ficarem nervosas, porque a emoção é muito grande no momento. Elas têm que estar muito seguras e tranquilas”, afirmou Clara Pinto.

Segundo ela, esse momento da coreografia  também é muito importante. “Conta pontos pra elas. Se na hora não conseguirem ter aquela segurança, elas podem se prejudicar. Aqui eu consigo ter um contato direto, um contato pessoal, de carinho, de amor, de amizade. De mostrar que estou ali para ajudá-las, mostrar que a nossa presença é para orientá-las, para que elas subam na passarela com força e fé em Deus, que tudo vai dar certo”, acrescentou. 

Clara enfatizou que depois fará ensaio na passarela. “Mas deste momento aqui não abro mão. É um momento muito especial, em que a gente se conhece e posso passar para elas todas as dicas da importância do momento do desfile”, garantiu.

Para manter a calma na hora do desfile, ensinou Clara Pinto, é fundamental que as candidatas tenham muita segurança em si próprias. “Naquela hora, ela tem que ter segurança: ‘Eu ensaiei, eu estou preparada, estou bem. A torcida, maravilha. Vou acompanhar o ritmo da torcida. Mas não vou deixar que esses elementos externos me prejudiquem’. Ao contrário. Esses elementos externos devem agregar, somar. Antes de elas entrarem, seguro muito na mão delas e digo: ‘Vá com Deus, tenha muita fé que tudo vai correr bem. E, graças a Deus, ao longo desses anos, a gente tem conseguido”, afirmou. 

Com 22 representantes de clubes sociais na disputa pelo título, o concurso vai ofertar uma bolsa integral da Fibra, um carro zero quilômetro da Nissan Tropical Veículos, uma joia ofertada pelas ORM e procedimentos estéticos da Kleire Rocha Estética e Depil para a Rainha das Rainhas 2018. As quatro princesas ganharão bolsas parciais, joias e procedimentos estéticos. O Rainha das Rainhas 2018 tem patrocínio de Cerpa Draft Sound.

Por O Liberal

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Google lança no Brasil serviço que reúne vagas de emprego anunciadas na internet

Divulgação/Arquivo
MUNDO - Google Jobs permite listar os postos de trabalho mais próximos à casa do internauta.

O hábito de “dar um Google” chegou ao mundo do emprego. A empresa passa a mostrar no Brasil a partir desta terça-feira (30) uma lista de vagas de trabalho ofertas em diversos sites sempre que o internauta fizer buscas por ofertas de trabalho no Google.

Funciona assim:

Para ativar o recurso, basta digitar, por exemplo, “trabalhos em restaurantes”, “empregos em São Paulo” ou mesmo “trabalhos próximo a mim” na caixa de pesquisa do Google;
isso faz a ferramenta de busca rastrear as oportunidades disponíveis no site de diversos parceiros;
as vagas encontradas são listadas diretamente no resultado de buscas, em forma de cartões.
O chamado Google Jobs foi lançado em junho do ano passado nos Estados Unidos. Chega ao Brasil na primeira expansão internacional da ferramenta –o recurso também será levado aos outros países da América Latina.
O Brasil fechou 20,8 mil postos de trabalho formais em 2017, terceiro ano consecutivo em que o país mais demite do que contrata.

Inicialmente, o Google Jobs vai expor no Brasil as vagas listadas por seis empresas:

Empregos.com.br
LinkedIn
Love Mondays
OLX
Trampos.com
Vagas.com.br
O novo recurso usa inteligência artificial para entender o tipo de trabalho buscado. E, segundo o Google, a ferramenta não usa dados pessoais para exibis ofertas de empregos baseadas nos interesses do usuário que foram captados pela empresa.

Empregos na busca

A partir do momento que os postos de trabalho são exibidos na ferramenta de busca, é possível aplicar filtros, como:

data em que a oferta foi publicada;
título da vaga;
setor a que pertence o posto;
localização: é possível selecionar apenas trabalho próximo ao domicílio; quando a opção for essa, o Google mostra quanto tempo demora para chegar à empresa empregadora e quais as opções de transporte (ônibus, metrô, carro etc).
Um atributo da ferramenta nos EUA que não chegará ao Brasil é o filtro de vagas conforme a faixa salarial. Segundo o Google, a implantação dessa comparação precisa de dados que nem sempre estão disponíveis nos anúncios publicados. “A gente viu que a maioria dos anúncios de vaga não fornece uma proposta de salário.”

Outras funções do Google Jobs são salvar uma vaga para ver mais tarde e criar configurações para o serviço disparar avisos quando o emprego dos sonhos estiver disponível.

Inteligência artificial

Por isso, o novo recurso vai ter uma camada de inteligência artificial. “Ela vai servir nesse recurso para entender quais posições se aplicam a sua busca”, diz o gerente de produtos.

Ele explica:

“Se eu procuro por vagas de caixas de supermercado, há muitas formas de empregadores anunciarem postos assim. Podem chamar de ‘vagas para varejo’ ou ‘vagas de representante comercial’. A inteligência artificial da busca do Google consegue entender que todos esses trabalhos se referem à mesma posição.”

Emprego x dados pessoais

O Google promete não usar nesta ferramenta outros dados pessoais além da localização do usuário. Zakrasek afirma que analisar outras informações do internauta poderia fornecer resultados de busca inúteis.

“A gente poderia pensar que uma pessoa que pesquisou por escalada poderia querer receber ofertas de emprego de atividades ao ar livre ou em academias. Mas o que descobrimos, perguntando a pessoas reais, é que às vezes muitas pessoas usam o mesmo computador ou o mesmo telefone”, diz ele.

Google x parceiros

O modelo de funcionamento do Google Jobs se assemelha à fórmula do Google Shopping, sessão da busca do Google destinada a mostrar ofertas de produtos. Em junho de 2017, a União Europeia considerou que essa ferramenta era usada pelo Google, o maior motor de buscas da internet, para minar o alcance de outros comparadores de preço concorrentes. Por ver na prática um abuso de poder econômico, o bloco europeu aplicou uma multa de € 2,4 bilhões, um valor recorde para casos antitruste na Europa.

Questionado pelo G1, o Google afastou a hipótese do Jobs ser um risco à sobrevivência dos sites que reúnem as vagas que serão exibidas na busca. “A grande maioria das empresas fatura por meio de aplicações, mas também há aquelas que ganham dinheiro mostrando propaganda. Quando há mais tráfego de pessoas chegando, eles podem mostrar mais anúncios”, diz Zakrasek.

Para corroborar a afirmação, o gerente cita que, após seis meses de funcionamento nos EUA, houve aumento de 60% no número de empresas que ofereciam vagas na internet.

Por G1

Rever 2ª instância por Lula seria 'apequenar STF', diz ministra Presidente do STF afirma que assunto não estará na pauta da Corte

Divulgação/Arquivo
BRASIL - Rever 2ª instância por Lula seria 'apequenar STF', diz ministra Presidente do STF afirma que assunto não estará na pauta da Corte.
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, defendeu que revisar o início da execução penal após condenação em 2ª instância por causa do processo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é "apequenar muito o Supremo". Durante um jantar em Brasília, promovido pelo site "Poder360" nesta segunda-feira, a magistrada ressaltou que não conversou com os outros ministros sobre o assunto e frisou que não há previsão para o julgamento do caso.

— Não sei por que um caso específico geraria uma pauta diferente (reavaliar a prisão em segunda instância por conta de Lula). Seria apequenar muito o Supremo. Não conversei sobre isso com ninguém — declarou a ministra, segundo o Poder360.

O jantar reuniu empresários e jornalistas no tradicional restaurante Piantella. Há uma semana, os três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) mantiveram a condenação do ex-presidente Lula no caso do triplex do Guarujá e ainda aumentaram a pena para 12 anos e um mês de prisão. Como a decisão se deu por unanimidae, restou à defesa do petista o recuso dos embargos de declaração — um pedido de esclarecimentos sobre a sentença, sem poder de revertê-la.

O STF já havia decidido que, após a análise dos embargos de declaração no TRF-4, o condenado inicia o cumprimento da sentença. Em diversas ocasiões no ano passado, o tema voltou a ser discutido, informalmente, por ministros da Corte, indicando que poderia haver uma mudança no entendimento do colegiado.

Depois do julgamento do petista, cogitou-se que o caso do ex-presidente poderia servir para uma nova avaliação da Corte sobre o momento de início da execução da pena. No entanto, segundo Cármen Lúcia, o tema não estará em pauta em fevereiro e tampouco há previsão da chegada de ações do tipo ao plenário em março.

— Votei igual duas vezes (em favor da prisão em segunda instância). Em 2009 fui voto vencido. Em 2016, fui voto vencedor — afirmou a presidente do STF.

LULA NA FICHA LIMPA

A prisão em 2ª instância sofre rejeição de parte da classe jurídica, que defende a execução da pena apenas ao fim de todas as possibilidades de recurso. A defesa do ex-presidente deve acionar o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o próprio STF contra a prisão. Uma liminar de algum dos magistrados pode conceder o habeas corpus ao petista e evitar a cadeia.

Para Cármen Lúcia, mesmo que Lula esteja em liberdade, ele não deve escapar da Lei da Ficha Limpa. A ministra destacou ser "improvável" que o STF reverta o entendimento de que condenados em 2ª instância ficam impedidos de concorrer a cargos públicos, independentemente de haver recursos em trâmite em tribunais superiores.

— Eu acho que isso está pacificado. Muito difícil mudar. Improvável que seja reversível, porque a composição (do Supremo) que decidiu lá atrás é praticamente a mesma — explicou a ministra, que citou jurisprudência semelhante no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A magistrada ainda ressaltou que a Lei Eleitoral veta a substituição de um candidato a menos de 20 dias de eleição. Contrário à condenação, o PT ressalta que o ex-presidente estará na campanha.

Por O Globo

Agropecuária fecha 2017 com criação de 821 vagas de empregos

Igor Mota/O Liberal
PARÁ - Crescimento foi de 1,57% na geração de empregos formais.
O setor da agropecuária no Estado fechou o ano passado com a criação de 821 vagas de trabalhos e crescimento de 1,57% na geração de empregos formais. Os dados são de pesquisa do Dieese-Pa (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) divulgada nesta terça-feira (30).

Segundo o balanço do Dieese, entre janeiro e dezembro do ano passado, foram feitas no Pará 26.566 admissões, contra 25.745 desligamentos, o que gerou saldo positivo de 821 postos. No mesmo período do ano passado, a situação foi inversa, já que o setor perdeu 1.554 postos de trabalhos.

A pesquisa também demonstra que a maioria do Estados do Norte fechou o ano passado com saldo negativo, com destaque para Acre (-112), Rondônia (-105), Amapá (-92) e Amazonas (-44). Por outro lado, Pará (821) e Tocantis (294) apresentaram saldo positivo neste período. No total, o Norte teve crescimento de 0,81% na geração de empregos e fechou 2018 com saldo positivo de 787 postos. 

Por ORM

Empresário é assaltado ao chegar em casa, em Paraíso TO



Foto: Divulgação
Por volta da 01 hora (manhã), desta terça-feira, 30, o proprietário de um restaurante localizado na Praça da Saudade, Setor Oeste de Paraíso do Tocantins retornava para sua residência, quando ao acionar o portão para adentrar na casa foi rendido por dois homens encapuzados que seguraram o portão, lhe apontaram uma arma de fogo e uma arma branca anunciando o assalto.

Na ocasião a vítima estava acompanhado com a mulher e os dois filhos jovens do casal e entrou em luta corporal com a dupla. De acordo com as informações, os autores seriam menores de idade. Na ocasião levaram quatro aparelhos celulares e o dinheiro apurado durante seu expediente de trabalho, cerca de R$ 1.300,00. Os bandidos após desvencilhar do homem saíram a pé tomando rumo ignorado.

Os ladrões ainda tentaram levar uma bicicleta das vítimas, porém, a mesma estava com o pneu furado e eles deixaram na garagem da casa.

Toda a ação da dupla foi registrada pelas câmeras de segurança da residência. A vítima registrou boletim de ocorrência. O caso será investigado.

Por Surgiu

Acidentes de viação matam e ferem na cidade de Maputo


Resultado de imagem para acidente de aviação.png
Foto Internet

Uma pessoa morreu e outras cinco focaram feridas, uma das quais em estado grave, devido a oito acidentes de viação resultantes da inobservância das regras de trânsito, na semana passada, na capital moçambicana.


Orlando Modumane, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Maputo, disse que o balanço corresponde ao período de 22 a 28 de Janeiro prestes a terminar.

Dos oito sinistros, quatro foram do tipo atropelamento e igual número colisão entre viaturas.

O excesso de velocidade, a condução sob efeito de álcool e a má travessia de peões são apontadas como as principais causas.

Em igual período do ano passado, as autoridades policiais da chamada cidade das acácias registaram três óbitos por acidentes de viação, cinco feridos graves e nove ferido ligeiros, devido a 13 acidentes.

A Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou 1.136 carros, emitiu 396 avisos de multas, submeteu 319 automobilistas ao teste de alcoolemia, dos quais pelo menos 82 se faziam ao volante bêbados.

Por via disso, 111 cartas foram confiscadas por condução em estado de embriaguez. Algumas pessoas caíram nas mãos da Polícia por reincidência.

Numa outra operação, a PT deteve 12 condutores por “corrupção activa”, disse Orlando Modumane, no habitual briefing à imprensa, na segunda-feira (29).

Segundo ele, os implicados apresentaram documentos com varias irregularidades que atentavam contra o Código da Estrada e escaparem da penalização tentaram subornar os agente da lei e ordem.

Por A Verdade

À reboque do Governo a PGR quer rever legislação do sector empresarial do Estado e procedimentos para emissão da Dívida Pública



Foto de Adérito Caldeira
Foto A Verdade
Depois do Governo ter decidido rever a legislação atinente ao sector empresarial do Estado e os procedimentos relativos à emissão e gestão da dívida Pública enfim a Procuradoria-Geral da República (PGR), revelando a sua submissão ao poder político, julga que é necessário reflectir sobre esses dispositivos legais.

No âmbito da instrução dos autos sobre as dívidas ilegais da Proindicus, EMATUM e MAM a instituição dirigida por Beatriz Buchili tornou público nesta segunda-feira(29) ter constatado “alguns aspectos que merecem reflexão por parte dos Poderes Executivo e Legislativo, com vista a melhoria, fortalecimento e aprimoramento da diversa legislação atinente ao sector empresarial do Estado e dos procedimentos no domínio da emissão de garantias e avales do Governo na contratação de dívidas por empresas constituídas sob a forma privada, entre outros aspectos”.

Em comunicado de imprensa a PGR indica haver remetido na sexta-feira(26) um documento ao Governo “alertando sobre as obscuridades, deficiências e contradições de textos legais atinentes ao sector empresarial do Estado e de Probidade Pública”.

Porém esta iniciativa da instituição que é suposto ser “guardiã da legalidade” só acontece depois do Executivo de Filipe Nyusi ter declarado a sua vontade de rever a mesma legislação.

Aliás o Conselho de Ministros até já aprovou, no passado dia 5 de Dezembro, um decreto estabelecendo novos procedimentos para à emissão e gestão da dívida pública e das garantias dadas pelo Estado.

Também no ano passado o Governo elaborou e submeteu a Assembleia da República nova legislação para o sector empresarial do Estado.

Relativamente ao esclarecimento de como foram gastos os mais de 2 biliões de dólares dos empréstimos assim como aos ilícitos criminais a Procuradoria-Geral da República declara que continua “a recolher elementos de prova à nível nacional e internacional” e justifica a sua lentidão com “certa morosidade na satisfação dos pedidos” de assistência mútua legal que formulou a países estrangeiros.

Enquanto isso o povo moçambicanos vai agonizando com a crise criada por gestores públicos e das empresas Proindicus, EMATUM e MAM e que continuam a viver “à grande” na capital moçambicana.

Por A Verdade

Homem suicida-se num cemitério em Xai-Xai


Imagem relacionada
Foto Internet
Um homem de 55 anos de idade pôs fim à sua vida com recurso a uma corda, dentro de um cemitério, na semana finda, na cidade de Xai-Xai, província de Gaza.

Trata-se de Arlindo Uqueio, residente no bairro de Inhamissa e o local por ele escolhido para se suicidar foi o cemitério de Marian Nguabi. Não se tem detalhes sobre as razões que levaram o homem a suicidar-se.

Não era a primeira vez que Arlindo – guarda de profissão – desejava a sua própria morte.

Junto da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Gaza o @Verdade apurou que, há dias, o finado tentou suicidar-se mas e não foi a atempo de consumar o acto porque a empregada o impediu.

Presume-se que o enforcamento tenha ocorrido na noite de quinta-feira, pois o corpo foi achado na manhã de sexta-feira (26), pendurado numa mafureira naquele cemitério.

Por A Verdade

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Pesquisadores dizem que fumaça de queimadas podem causar câncer


  GreenPeace
Equipe coletou amostras de material particulado fino em Porto Velho.

Por: Agência Brasil
As partículas carregadas de toxinas, liberadas durante queimadas na Amazônia, se inaladas involuntariamente por longo período, podem causar estresse oxidativo das células e danos genéticos irreversíveis, resultando até mesmo em câncer de pulmão.A descoberta é resultado de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Fundação Oswaldo Cruz e Universidade Federal de Rondônia(Ufro).

A pesquisa é referente a uma tese de doutorado da bióloga Nilmara de Oliveira Alves, da USP. A equipe coletou amostras de material particulado fino em Porto Velho, uma das áreas mais afetadas pelas queimadas na região amazônica.

Para entender como ocorre a contaminação, os pesquisadores expuseram em laboratório linhagem de células pulmonares às partículas, compostas por material tóxico, em concentração semelhante com as encontradas nas queimadas da Amazônia, analisadas com técnicas bioquímicas avançadas. Essas análises permitiram medir o grau de inflamação e de lesão no DNA. Foi comprovado que o dano no DNA pode ser tão grave a ponto de a célula perder o controle e começar a se reproduzir desordenadamente, evoluindo para câncer de pulmão.

Para a pesquisadora Sandra Hacon, da Escola Nacional de Saúde Pública, as conclusões do trabalho são inéditas. Segundo ela, pela primeira vez foi possível demonstrar que as partículas de queimadas da Amazônia, ao entrarem nos alvéolos pulmonares, causam danos genéticos nas células, podendo leva ao câncer de pulmão.

Sandra Hacon e o pesquisador Christovam Barcellos coordenaram o projeto Clima & Saúde da sub Rede de Mudanças Climáticas do INPE/INCT Rede Clima. O estudo foi publicado na revista Nature Scientific Reports. O projeto da Rede Clima envolve os efeitos das queimadas com alterações climáticas. Sandra informou que algumas medidas podem ser adotadas pelas autoridades ambientais e de saúde, no sentido de evitar o agravamento de doenças respiratórias na população, exposta a fumaça das queimadas.

“ É uma questão de bom senso. Não faz sentido continuar esse processo de queimadas na Amazônia. A situação estava controlada, mas houve aumento acentuado nos últimos três anos. Uma alternativa é a montagem, pelas secretarias municipais de Saúde, de um sistema de vigilância das doenças respiratórias, de modo a ajudar a população das cidades onde as queimadas vem ocorrendo de forma sistemática.”

Nos meses de agosto, setembro e outubro os focos de incêndios dissipam uma nuvem de fumaça tóxica sobre a região amazônica. A população mais vulnerável é formada por crianças e idosos.De acordo com Sandra Hancon, as crianças menores de cinco anos, prejudicadas pelo impacto das partículas com componentes cancerígenos da fumaça das queimadas, desenvolvem alergias respiratórias, que comprometem o aprendizado escolar.

Conforme a pesquisadora, os mais atingidos são principalmente famílias de baixa renda, que estão em áreas de risco sem alternativa de sair. Sandra Hacon disse ainda que a divulgação do trabalho pode incentivar as autoridades a instituir na região um programa de melhoria da qualidade do ar e monitoramento dessas partículas finas provenientes das queimadas, decorrentes da ocupação desordenada para atender a interesses econômicos .

Dados do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, indicam que em 2017 ocorreram mais de 275 mil focos de incêndio em todo o território nacional, sendo mais de 132 mil em estados amazônicos.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Três morrem e caminhonete fica destruída após bater de frente com caminhão na BR-153

Foto: Débora Ciany/TV Anhanguera
Uma caminhonete bateu de frente com um caminhão na tarde desta quinta-feira (18) entre Aliança e Gurupi, na região sul do estado. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o acidente deixou pelo três mortos e dois feridos. A batida aconteceu por volta das 15h na BR-153.

Os mortos foram identificados como José Ferreira da Cunha, de 40 anos; Maria da Conceição Santos Cunha, 63 anos e Antônio Ferreira da Cunha, de 65 anos. José Ferreira era o motorista da caminhonete e filho de Maria da Conceição e Antônio Ferreira. Os feridos são uma mulher de 24 anos e uma menina de cinco anos. Todos estavam na caminhonete. O motorista do caminhão não ficou ferido.

De acordo com os Bombeiros dois dos mortos estavam presos às ferragens e outro estava do lado de fora do veículo. As duas feridas estavam inconscientes. As feridas foram socorridas pelo Samu e Bombeiros e levadas para Gurupi. Ainda não há informações sobre as causas do acidente.


Foto: Débora Ciany/TV Anhanguera

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Mototaxista é baleado nas costas em tentativa de latrocínio em Paraíso TO

Resultado de imagem para mototaxi
Foto Internet
TOCANTINS - Na manhã desta quarta-feira (17), um mototaxista conhecido como Osvaldo, foi ferido por um disparo de arma de fogo, quando passava por um atalho próximo ao setor Paraíso dos Ipês, em Paraíso do Tocantins.

Segundo informações, o condutor da moto foi surpreendido por dois bandidos em uma tentativa de roubo. De acordo com sua esposa que estava acompanhando o mesmo no hospital, ele contou que o cano do revolver dos ladrões chegou a tocar em suas costas, nesse momento ele acelerou o veículo e os marginais dispararam dois tiros, sendo que um atingiu as costas do mototaxista que caiu. Na sequência os bandidos fugiram sem levar nada. Osvaldo foi encaminhado para o Hospital Regional dessa cidade e passa bem.

A Polícia Civil está investigando o caso. Familiares da vítima estiveram durante a tarde dessa mesma data, na 3ª Delegacia de Polícia, no setor Pouso Alegre e registraram ocorrência.

A PC/TO orienta as pessoas que forem vítimas de roubos ou furtos, a comparecerem a qualquer Delegacia da Polícia Civil munidos de documentos pessoais e de pertences para o devido registro do respectivo boletim de ocorrência. Informa ainda que serão intensificadas as ações investigativas com o fim coibir essa prática delitiva.

Por:  Antonio Oliveira/Surgiu

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

8º Paramarimbó, na Comunidade de Maranhãozinho

Aconteceu neste (15) co corrente mês o famoso 8º Paramarimbó, na Comunidade de Maranhãozinho, ocasião esta em que a comunidade tirou para se divertir e para se confraternizar. Veja foto:

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas no palco, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Foto: Anderson Dias

Círio do Glorioso Menino Deus, na Comunidade de Vila Maú

Foto Anderson Dias
Aconteceu na Comunidade de Vila Maú, nordeste do Pará o seu tão esperado Círio do menino Jesus. Passaram por lá várias autoridades e pessoas importante da região. Se fez presente por lá também o nosso querido amigo Anderson Dias.

A imagem pode conter: 2 pessoas, multidão
Foto: Anderson Dias


O YouTube realmente vale a pena? = Is YouTube Really Worth It


Canal PewDiePie na tv



Acesse e veja todos os vídeos do canal do maior YouTube do mundo. Inscreva-se em nosso canal galera. Curta e compartilhe o vídeo abaixo: Abraço aos amigos do Brazil.



Vocalista dos Cranberries sofria de depressão profunda

Divulgação/Arquivo
Família de Dolores O’Riordan está devastada pela morte da cantora,

A cantora Dolores O’Riordan, vocalista do grupo Cranberries, estava enfrentando uma depressão profunda nas semanas que antecederam sua morte repentina. A informação foi revelada pelo site TMZ a partir de fontes próximas à celebridade. A artista irlandesa de 46 anos foi encontrada morta na manhã de ontem, em um quarto do hotel que estava ocupando em Londres. A causa da morte da cantora ainda não foi revelada.

De acordo com a fonte do TMZ, apesar da depressão de Dolores ter se intensificado ao longo das últimas semanas, ela lidava com a doença há anos, junto com outros problemas psicológicos. Em 2013 ela foi inclusive protagonista de uma tentativa de suicídio. Em 2015 ela foi diagnosticada com transtorno bipolar e, na mesma época, revelou ter lutado com desordens alimentares e alcoolismo.

O’Riordan deixa três filhos: Taylor (20 anos), Molly (16 anos) e Dakota (12 anos), todos nascidos durante o casamento de 21 anos da artista com seu ex-marido, o empresário Don Burton. Uma fonte próxima à família falou com a revista People que os filhos e amigos da cantora estão devastados. “É chocante como qualquer morte súbita e inesperada, eles ainda estão lidando com esse ocorrido”, disse o contato.

Os colegas de banda de O’Riordan no Cranberries lamentaram a morte da cantora pelo Twitter: “Estamos devastados com a morte da nossa amiga Dolores. Ela era um talento extraordinário e nos sentimos privilegiados por termos feito parte da vida dela desde 1989, quando começamos o Cranberries. O mundo perdeu uma grande artista hoje”.

Por: Monet

Brasileiro planejou ser preso na Venezuela para chamar atenção

Reprodução/Jonatan Diniz/Facebook

Jonatan Moisés Diniz, que ficou 11 dias em detido, afirma que queria dar foco a crianças que morrem de fome no país.

O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, de 31 anos, afirmou que sua prisão pelo governo da Venezuela foi planejada para chamar atenção para as ações de sua ONG, a Time to Change the Earth (Hora de mudar a Terra, em tradução livre). Ele ficou 11 dias em uma prisão do país caribenho, sem contato com advogados ou com diplomatas brasileiros.

A revelação foi feita em um vídeo de pouco mais de cinco minutos exibido pela ONG durante apresentação em Balneário Camboriú, sua cidade sede, e confirmada ao Estado nesta quinta-feira pela presidente da Organização, Veridiana Maraschin.

"O que eu vou falar aqui é bomba", diz Jonatan no começo da gravação. "Se eu fui pra lá e fui preso é porque eu incitei ser preso. Eu planejei ir para a Venezuela, chamar atenção e ser preso. Realmente, admito aqui que sozinho, com o dinheiro que eu tinha e com o dinheiro dos meus amigos, não daria pra salvar muita gente. Não daria pra salvar nem cem crianças", justifica Diniz.

"Num ato não desesperado, mas num ato sem medo eu fui para a Venezuela e ajudei o máximo possível de pessoas", afirma.

Sobre a tática de Diniz, Veridiana diz que a ONG só tomou conhecimento depois da revelação feita no vídeo e por isso "não aprova nem desaprova", mas que apoia decisões que "tragam resultados positivos para as crianças".  "(A decisão) foi arriscada, mas nós acreditamos que essa foi uma estratégia que vai ajudar nossa causa, as crianças precisam ser vistas e foi um meio pra que isso acontecesse", explicou.

"Os olhares precisam ser desviados para elas e não terem foco no Jonatan. O objetivo da ONG é fazer com que as pessoas doem e se doem mais, independente do local em que se encontram", afirmou.

Veridiana também questionou a informação de que Diniz teria um histórico de problemas psiquiátricos. "Conheço o Jonatan há anos e tenho certeza que se isso fosse verdade ele, assim como a sua família, teria me contado", afirmou.

O plano

Ainda no vídeo, brasileiro afirma que com sua ação "enfrentou de cara" pessoas poderosas no país, que são ligadas ao presidente (Nicolás Maduro) e às Forças Armadas. "Como eu já esperava, iam me colocar na cadeira."

"Eu fui pra cadeia porque queria, justamente para acontecer essa repercussão, pra vocês prestarem atenção que tem crianças morrendo de fome lá. Sozinho, minha voz não teria poder para chegar a essa gente e tentar salvar essas crianças", continua Diniz.

"O plano deu absolutamente certo. Me desculpem por deixar as pessoas ansiosas, mas eu digo assim: os fins justificam os meios. Foram 11 dias de apreensão, 11 dias de orações e eu sei que muita gente se preocupou. Só que minha vida não é nada. Tem criança morrendo todo santo dia lá."

Já perto do fim da mensagem, o brasileiro diz ter provas de que antes de viajar à Venezuela avisou uma ex-namorada sobre o plano - segundo ele, ela era única que sabia de suas intenções. "O que eu fiz foi por mim, pelas crianças, para espalhar notícias boas."

Na terça-feira, em longa mensagem publicada em sua conta no Facebook, Diniz relatou detalhes de seu cárcere e sua visão sobre ocorrido. Entre outras coisas, ele afirmou que não sofreu abusos sexuais enquanto esteve preso em uma cela de 8 metros quadrados com outros 8 venezuelanos, apesar de ter sido obrigado a ficar nu em várias ocasiões.

Diniz esclareceu ainda que, na véspera de sua libertação, foi levado até o Serviço Administrativo de Identificação, Migração e Estrangeiros (Saime), órgão público responsável pela emissão de documentos para venezuelanos e estrangeiros no país, onde foi obrigado a assinar sua expulsão e um documento que o proíbe de voltar à Venezuela pelos próximos dez anos.

Por Estadão

BRASIL: Oito milhões estão sem proteção contra febre amarela no Rio

 Fabiano Rocha
Apenas 40% da população do estado estão vacinados.

O sinal de alerta reacendeu nesta segunda-feira com a confirmação de mais duas mortes por febre amarela em Valença, no Sul Fluminense, subindo para três o número de óbitos em decorrência da doença no estado este ano. O primeiro caso foi em Teresópolis, na Região Serrana. Enquanto isso, a cobertura vacinal está muito aquém do necessário. A estimativa da Secretaria estadual de Saúde é que mais de oito milhões de pessoas (cerca de 60%) de um público alvo de 14 milhões — incluindo grupos inseridos em 2018 pelo Ministério da Saúde, como os idosos com aval médico — ainda não foram vacinadas. Na capital, a Secretaria municipal de Saúde informa que apenas 1,69 milhão procurou os postos no ano passado para tomar a vacina, sendo necessário imunizar outros dois milhões. Porém, diante dos novos casos da doença e da notícia de que quatro macacos-prego foram achados mortos nos últimos dois dias numa via de acesso à Floresta da Tijuca, houve correria aos 244 centros de saúde e às clínicas da família da prefeitura.

— Vacinar não é só importante, é um dever social e uma urgência. É fundamental dar prioridade à vacinação para que não se tenha a ampliação e o risco de urbanização da doença. Estamos em campanha permanente. Todos os municípios têm vacina. A população não precisa esperar o fracionamento (a campanha do Ministério da Saúde, a partir de 19 de fevereiro) — diz o secretário estadual de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Júnior, acrescentando que só pedirá a antecipação da campanha ao Ministério da Saúde se houver necessidade.

A superintendente de Vigilância em Saúde do município, Cristina Lemos, garantiu que não faltam vacinas. Mas, a partir desta terça-feira, como cresceu a procura, serão distribuídas senhas nos postos.

— De julho a dezembro do ano passado, quando diminuíram os casos de febre amarela, as pessoas relaxaram. Em dezembro, vacinamos só 16.592 pessoas. Todas as nossas unidades estão abastecidas. Mas, agora, não adianta correria. As pessoas precisam ter paciência — ressalta Cristina.

SETE CASOS SOB INVESTIGAÇÃO

Em todo o estado, além dos três mortos, há um paciente de Valença internado em Resende com diagnóstico confirmado de febre amarela. Há outros sete casos sob investigação — um morto e seis internados — cinco deles moradores de Valença.

Os corpos dos macacos achados por moradores da comunidade do Catrambi no acesso à Floresta da Tijuca serão analisados pela Fundação Oswaldo Cruz. Há suspeita de que os animais possam ter sido contaminados pela febre amarela. Segundo a coordenadora do Laboratório Municipal de Saúde Pública, Roberta Ribeiro, o exame deve demorar pelo menos dez dias para ficar pronto, porque os animais foram recolhidos em decomposição.

— Pedimos para as pessoas telefonarem para a central 1746. Os moradores ligaram antes para Corpo de Bombeiros e outros órgãos que não fazem esse trabalho — conta Roberta.

Ainda segundo ela, no ano passado foram recolhidos 179 primatas mortos no município. Nenhum deles tinha o vírus da febre amarela.

Por O Globo

Belém: Carro cai em canal da Doca de Souza Franco

Por: Portal ORM
Motorista teve ferimentos leves e recebeu atendimento médico.

Uma motorista perdeu o controle do veículo e caiu no canal da avenida Doca de Souza Franco, bairro do Umarizal, em Belém, no início da manhã desta terça-feira (16). O veículo invadiu a barra de proteção e tombou dentro do canal, que estava vazio. A motorista teve ferimentos leves.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, a jovem contou que seguia pela avenida Pedro Álvares Cabral quando perdeu o controle do veículo, bateu na barreira de proteção, e foi parar no canal. Pedestres que passavam pelo local ajudaram a motorista a deixar o veículo.  O acidente aconteceu por volta das 6h da manhã. 

Por ORM

Publicidade Dietas

Publicidade Aliexpress

Publicidade Americanas

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade Sumup

Publicidade Avast