Publicidade CB3

sexta-feira, 29 de julho de 2022

Três Pacotes de Viagens de tirar o fôlego. Dicas de Viagens.









 


                                                            



Peru: a Laguna 69 é uma das paisagens mais incríveis da América. Dica de Viagem


Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

 COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM

Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!


COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM
Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!








Desconhecida até pouco tempo atrás, a Laguna 69 tem sido cada vez mais procurada por brasileiros.


Desconhecida até pouco tempo atrás, a Laguna 69 tem sido cada vez mais procurada por brasileiros. Localizada nos arredores da cidade de Huaraz, no norte do Peru, ela fica longe do popular circuito turístico ao sul do país e que inclui as ruínas de Machu Picchu. Além disso, o local é de difícil acesso, o que explica a grande quantidade de europeus no seu calço, mas pouquíssimos latino americanos. Acostumados ao frio, neve, altitude, longas caminhadas e a acampar, os habitantes do Velho Continente se sentem em casa nesta região montanhosa do Peru. Mas, na medida em que imagens se espalham pelas redes sociais, cada vez mais brasileiros querem saber como visitar a Laguna 69.

A Laguna 69 é uma das 400 lagoas do Parque Nacional Huascarán, e seu nome equivale ao número com a qual foi ‘inventariada’ pela administração da reserva natural. Sua beleza e fama se devem ao fato de ser uma lagoa glaciar, o que quer dizer que é formada pelo degelo da neve das montanhas em volta, de águas tão puras que sua cor azul intensa salta aos olhos. É tao lindo que você nem precisa ter uma boa câmera para obter fotos maravilhosas! Além disso, o cenário é emoldurado por uma cordilheira nevada – a Cordilheira Branca -, de onde cachoeiras de água escorrem até a base da lagoa.

A primeira coisa que você deve saber sobre como visitar a Laguna 69 é que, infelizmente, esse não é um passeio para todos. Como dissemos acima, ela fica em um local de difícil acesso e exige condições físicas mínimas do turista que quiser alcançá-la. Mas, se você achar que está apto para a caminhada, prepare sua câmera, seus olhos e seu coração, pois você estará prestes a conhecer um dos lugares mais incríveis do mundo! Confira passo a passo como visitar a Laguna 69:

Como visitar a Laguna 69 – Onde fica

A Laguna 69 é uma das atrações do Parque Nacional Huascarán, que fica nos arredores da cidade de Huaraz, no norte do Peru e a 405 quilômetros de distância da capital, Lima. O parque está localizado na Cordilheira Branca e abriga a montanha mais alta do Peru, também chamada Huascarán, e que tem 6.768 metros de altura. De Huaraz até a entrada do parque são cerca de duas horas de viagem parte por estrada asfaltada, parte por estrada de chão batido e com muitas, mas muitas curvas. Da entrada até a base da trilha para a lagoa, mais uma hora. O ingresso no parque custa 10 soles (US$ 3).


Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Como visitar a Laguna 69 – Quem pode ir

Se você entrar em uma agência de turismo ou hotel de Huaraz, todos vão dizer que a trilha para a Laguna 69 tem duas horas de subida e duas horas de descida. Simples assim, sem nenhuma restrição. Os tours em Huaraz são tão baratos que eles não podem se dar ao luxo de perder fregueses. Mas a verdade é que a caminhada para a Laguna 69 não é para todo mundo e é bom que você saiba das reais condições antes de avaliar se está apto a fazer o passeio ou não.

⇒ Reserve já seu hotel em Huaraz e garanta os melhores preços! ⇐

Primeiro, é uma caminhada longa. A duração verdadeira é de cinco a seis horas ida e volta, o que por si só já seria cansativo para muita gente. Segundo, é uma caminhada em altitude elevada. Para quem nunca viajou para lugares altos, é bom saber que seu corpo vai reagir à falta de oxigênio pelo menos nas primeiras 48 horas, de forma mais leve ou mais aguda. Você pode sentir taquicardia, dificuldade para respirar, cansaço mesmo para subir uma simples escada, dor de cabeça, náuseas e vômitos.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Terceiro, é uma caminhada majoritariamente montanha acima. São de três a quatro horas de subida até você chegar à lagoa. Quarto, a trilha não passa de uma picada estreita e cheia de pedras, sendo que chega a desaparecer em alguns trechos. Não há pontes para atravessa os riachos e, se estiver viajando no verão, que é época de chuvas, provavelmente vai enfrentar muita lama também pelo caminho.

Ressaltamos que a decisão de encarar a trilha ou não é completamente sua, mas não recomendamos que você faça se: não tiver um preparo físico mínimo; sofrer de problemas cardíacos ou respiratórios, sofrer de dores nas articulações inferiores (tornozelo e joelho), sofrer de dores nas costas ou se, depois das primeiras 48 horas, você continuar se sentindo mal na altitude. É claro que a tentação de ver essa paisagem é grande, mas é preciso pesar as consequências de uma possível lesão para o restante da sua viagem ou férias.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM

Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!


COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM
Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!

Como visitar a Laguna 69 – Clima

O clima em Huaraz – e em toda a região dos Andes peruanos – se caracteriza por uma grande amplitude térmica e por apresentar apenas duas estações bem definidas: a seca e a chuvosa. A primeira é conhecida como ‘verão andino’ e ocorre de maio a setembro. Os dias são secos e ensolarados, enquanto as temperaturas despencam à noite. A estação molhada vai de outubro a abril, sendo marcada por manhãs de sol e céu limpo que se transformam em tardes de chuva. Nesta época do ano, são registrados entre 500 e 1.000 milímetros de precipitação. Mas se você quer ver neve durante seu passeio, é exatamente neste período úmido que precisa viajar. Os termômetros em Huaraz variam, em média, entre os 7ºC e os 24ºC.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Como visitar a Laguna 69 – Preparação

Decidiu que pode encarar a trilha até a lagoa? Ótimo, então é hora de começar a se preparar para a caminhada. O passo inicial é não marcá-la para as primeiras 48 horas em que você estiver na altitude. Como dissemos acima, esse é o tempo mínimo que o corpo demora a se aclimatar ao oxigênio mais rarefeito. Depois, vá até a praça de Huaraz e compre produtos derivados da folha de coca, pois eles ajudam a combater os sintomas do mal de altitude.

Você pode testar todos e escolher o que surte mais efeito ou tenha sabor menos ruim, hehe. Há balas, chás, chocolates e mesmo a folha pura para mascar. Verão ou inverno, faz muito frio na laguna, então leve luvas, cachecol e gorro de lã, mesmo que esteja quente na base da trilha. Usar roupas próprias para ‘trekking’ torna a caminhada mais confortável, mas não é essencial.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Se você tiver, opte pelas calças que viram bermuda, camiseta, meias térmicas e jaqueta corta-vento impermeável. O que é indispensável é um calçado adequado para trilhas, pois um tênis comum não vai aguentar o tranco. Não tem e não quer comprar? Sem problema, alugue um em uma agência de turismo ou mesmo no seu hotel. Se for viajar no verão, que é época de chuvas, é bom levar também um poncho ou capa.

Na hora de arrumar a mochila, não esqueça de levar um lanche leve – barrinhas de cereal são uma boa pedida -, protetor solar e uma boa quantidade de água. O sol, o vento e o frio vão queimar bastante e desidratar você rapidamente. Além disso, é bom pegar leve no equipamento fotográfico, pois carregar muito peso nas costas tornará a caminhada ainda mais difícil. Deixe acessórios como tripé e lentes de longo alcance no hotel.


COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM

Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!


COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM
Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Como visitar a Laguna 69 – Como chegar

Existem duas formas de visitar a Laguna 69: com um tour ou por conta própria. O tour tem a vantagem de ser barato (US$ 10,30 em dezembro de 2015), de pegar você no hotel e largar na entrada da trilha e, depois, levar de volta. A desvantagem é que você terá no máximo seis horas para ir e voltar, o que pode não ser suficiente dependendo da quantidade de fotos que gosta de tirar, do tempo que pretende passar admirando a lagoa e da dificuldade que encontrar para percorrer o caminho.

É claro que nenhum ônibus vai embora sem que todos tenham voltado, mas existe uma pressão para que você cumpra o horário estabelecido. Uma forma de evitar ter um tempo muito apertado para visitar a Laguna 69 é contratar um tour privado. É claro que se perde a vantagem do preço mas, hoje, depois de já ter feito a trilha, nós altamente recomendamos essa opção. Se estiver acompanhado de um guia particular, você não terá pressão de horário e poderá ser auxiliado se o mal de altitude ou o cansaço baterem forte.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

A segunda opção é fazer tudo por conta própria. O ideal é contratar um transporte que leve você de Huaraz até a base da trilha e espere você lá ou busque no dia seguinte, mas isso pode ter um custo elevado. Que não tem um orçamento de viagem alto pode pegar um coletivo até o vilarejo mais próximo do parque e, de lá, um táxi até a base da trilha. Mesmo assim, isso deve sair mais caro do que o tour comum. A vantagem está em fazer o que quiser e na hora que quiser.

Para quem gosta de acampar, existe um camping chamado Cebollapampa logo no começo da trilha, o que possibilita que você durma no parque e faça a caminhada cedinho no dia seguinte. Seja qual for a forma que você escolher para chegar na laguna, não deixe de fazer uma parada no caminho para admirar as Llaganucos, que são mais uma atração do Parque Nacional Huascarán (os tours tradicionais fazem um rápido ‘pit stop’ para fotos). Mesmo que você as tenha visitado em outro passeio, o ponto de vista de quem está indo para a base da trilha da 69 é completamente diferenciado e muito bonito.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Como visitar a Laguna 69 – A trilha

Já dissemos que a caminhada para a Laguna 69 não é das mais fáceis, mas vamos agora entrar em detalhes. Da base da trilha até a lagoa, são 6,5 quilômetros de distância, o que faz o trajeto ter 13 quilômetros no total. Não é pouco. Embora os primeiros 30 minutos de caminhada sejam em terreno quase plano, as 3h30 restantes serão em inclinado ângulo de subida. Você começa a trilha a uma altitude de 4.600 metros e vai subir mais 200 metros até chegar na lagoa.

Para se ter uma ideia, Cusco fica a 3.400 metros acima do nível do mar e muita gente já tem dificuldades sérias com a altitude por lá. Quando você chegar na lagoa da foto abaixo, significa que percorreu mais ou menos dois terços da trilha. Mas é depois dela que fica a parte mais íngreme e difícil da subida, que é também o trecho final até a laguna. Vá com calma, faça pausas a cada cinco minutos se for preciso e sente nas pedras para relaxar os músculos das pernas e retomar o fôlego.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Você provavelmente verá europeus saltitando como cangurus pela trilha e sentirá vergonha do seu estado lastimável, mas precisa lembrar que eles são acostumados desde crianças a acampar, fazer longas caminhadas e passar as férias em meio ao ar rarefeito das montanhas. Muito diferente de nós brasileiros, que costumamos morrer na areia de alguma praia, hehe.

Mas, se nem tudo são flores na estrada até a 69, também nem tudo são espinhos. A caminhada é cercada por paisagens belíssimas, desde os picos nevados da Cordilheira Branca até as cachoeiras formadas pelo degelo descendo montanha abaixo e terminando em um rio caudaloso. E quanto mais você sobe, mais bonito fica!

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Como visitar a Laguna 69 – A laguna

Depois de três a quatro horas subindo a montanha, é hora da recompensa. Você vai entrever, em meio às rochas cinzas, uma nesga de água tão azul que seus olhos mal vão acreditar no que estão registrando. ‘Voilá’, você venceu as dificuldades da trilha e descobriu como visitar a Laguna 69! Reserve pelo menos uma hora para ficar por lá, tanto para tirar todas as fotos que quiser quanto para descansar as pernas e fazer um lanche. Afinal, ainda é preciso descer tudo de volta até a base da trilha, o que significa entre 1h30 e 2h de caminhada.

Depois de saber como visitar a Laguna 69, uma dica sobre como eternizar essa lembrança com a sua máquina fotográfica: leve uma lente de grande amplitude, pois o equipamento básico (18-55 mm) não consegue capturar todo o cenário e a lagoa ao mesmo tempo. A GoPro, tão queridinha entre os brasileiros, resolve esse problema, mas cria outro, que é a distorção do horizonte. A solução que nós recomendamos é, além de levar sua câmera básica, carregar também uma Olympus modelo Tough, que tem lente ‘ultra wide’ (3,74-18,7 mm). Além de barata, ela é feita especialmente para tirar selfies e não tem o efeito arredondado da GoPro.

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar
© Fornecido por Escolha ViajarFoto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Escolha Viajar

COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM

Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!


COMPRE SEU PACOTE DE VIAGEM
Lima + Cusco, Lima

Pacote de Viagem - Lima + Cusco - 2023

Aéreo + Hospedagem

Data flexível

6 dias | Período: 01 mar 2023 até 30 nov 2023

A partir de

R$ 5155,67

R$ 3093,40

Em até 12x

Taxas grátis!


Publicidade CB2

Publicidade CB1

Site economiza play

Postagens mais visitadas

Publicidade LE60

Publicidade MR1

Publicidade MR2

Publicidade MR3

Publicidade MR4

Publicidade MR5

POSTAGENS MAIS VISTA EM TODO O PERÍODO

Publicidade MR6

Publicidade MR7

Publicidade MR8

Publicidade MR9

Publicidade MR10

POSTAGENS MAIS VISTAS ANO PASSADO

Publicidade MR11

Publicidade MR13

Publicidade MR14

ARQUIVO DE POSTAGENS DO SITE