NOTÍCIAS MAIS VISTAS NO ANO

domingo, 20 de setembro de 2020

Semana do Cliente: Kits da Hora Digital com descontos especiais e 30 dias de Clube NSC

A promoção é limitada e conta com entrega para todas regiões do estado(Foto: Hora Digital/Divulgação)

Ao adquirir o kit da Hora Digital, você garante 60 dias de acesso ao NSC Total

Além da Semana do Brasil, também se comemora no dia 15 de setembro o Dia do Cliente. A data foi criada em 2003, no Rio Grande do Sul, com o objetivo de aproximar consumidores e comerciantes através do relacionamento e promoções especiais. Atualmente, em meio ao cenário pandêmico, a data ganha ainda mais força para reaquecer o mercado.

A Hora Digital também faz parte da comemoração e lança a Semana do Cliente. Durante a promoção, que encerra no dia 20 de setembro, os kits da Hora Digital estão com descontos de até 40% e mais 30 dias de acesso ao Clube NSC. Os kits da Hora Digital contam com entrega em domicílio para todas as regiões de Santa Catarina.

O Clube NSC é a maior plataforma de benefícios e vantagens de Santa Catarina que oferece aos sócios até 50% de descontos em mais de 500 parceiros pelo Brasil. Entre os benefícios estão vantagens em cinemas, restaurantes, cursos de idiomas e muito mais!

Além do acesso ao Clube NSC, ao adquirir qualquer kit você terá 60 dias de acesso ao NSC Total, a maior plataforma de conteúdo de Santa Catarina. Clique e garante o seu.

Veja os kits da Hora Digital com desconto da Semana do Cliente

Mais que Café kit da Hora Digital
A mesa do café mais bonita, prática e organizada
(Foto: )

Kit Mais que Café - de R$69 por R$ 62

Fabricado com belíssimas peças de inox e tampas em acrílico, o kit é composto por quatro itens que organizam sua cozinha e preservam os alimentos por mais tempo, com a mesma qualidade. Além da estética, o custo benefício fecha com chave de ouro. O Kit Mais que Café é composto por uma boleira, uma manteigueira, um açucareiro e uma queijeira. Vigência da promoção: de 15 a 20 de setembro.

Panela Dia a Dia Kit da Hora Digital
O kit da Hora Digital é ideal para acompanhar você nas preparações rotineiras
(Foto: )

Kit Panela Dia a Dia - de R$ 24 por R$ 18

A panela é do tamanho ideal para preparar qualquer refeição de rotina. Com 20cm de diâmetro, tampa de vidro e braço braquelite, você pode utilizar a panela cozinhando as mais diversas receitas. A versatilidade do kit fica por conta do material antiaderente que protege os alimentos de grudarem no fundo durante o cozimento. Vigência da promoção: de 15 a 20 de setembro.

Panela WOK Kit da Hora Digital
Muito mais espaço para preparar sua refeição
(Foto: )

Kit Panela Wok - de R$ 59,90 por R$ 47,90

Por conta do design diferenciado, a Panela Wok mantém circulando internamente todo o calor retido, resultando em um processo de cozimento mais rápido e uniforme. Outro ponto forte do kit é a possibilidade de preparar refeições completas utilizando apenas uma panela. Sem contar o cabo alongado que garante mais segurança e firmeza durante o preparo. Vigência da promoção: de 15 a 20 de setembro.

Sushi Kit da Hora Digital
O kit é feito sob medida para os fãs da culinária oriental
(Foto: )

Kit Sushi - de R$ 75 por R$ 45

Tenha a experiência completa e torne o momento de comer sushi em casa especial. O kit é completo e vem com 17 itens - em sua maioria com louças em cerâmicas - entre eles, copo para sake, píres para molho shoyu e faca especial para peixes. O Kit Sushi da Hora Digital é temático e na cor preta, decorado com símbolos da cultura oriental e ideal para um grupo de até quatro pessoas. Vigência da promoção: de 15 a 20 de setembro.

Trio panelas Kit da Hora Digital
O combo Trio Panelas complementa a sua cozinha
(Foto: )

Trio Panelas: Frigideira Wok, Panela Dia a Dia e Frigideira Prática - por R$ 69,95



Nessa seleção especial, além da Frigideira Wok e da Panela Dia a Dia, você conta com o Kit Frigideira Prática, do tamanho da sua fome e ideal para toda refeição. Em material antiaderente, com 18cm de diâmetro e cabo de braquelite, a frigideira é perfeita para preparação de alimentos rápidos e saborosos, como carnes, omeletes, legumes refogados e tudo mais que sua imaginação permitir. Vigência da promoção: de 15 a 20 de setembro.

Kit Pizza da Hora Digital
Ótimo para reunir a família e amigos em volta da mesa
(Foto: )

Kit Hora da Pizza - por R$ 59

O kit é super completo e perfeito para reunir família e amigos. Ele vem com uma tábua redonda, uma assadeira grande térmica, quatro pratos de jantar temáticos, quatro garfos, quatro facas personalizadas e um cortador de pizza. Vigência: de 15 a 20 de setembro.

Por

Afiliado




sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Florianópolis tem 11 bairros sem casos ativos da Covid-19

 

Florianópolis tem 11 bairros sem casos ativos da Covid-19 – Foto: Anderson Coelho/ND

Segundo dados da Sala de Situação da GVF, outros 12 bairros apresentam apenas um caso ativo; Ao todo, número de casos ativos é de 164 pacientes

Florianópolis tem 11 bairros sem nenhum caso ativo da Covid-19 e outros 12 com apenas um paciente infectado. Os dados são da Sala de Situação da GVF (Gerência de Vigilância Epidemiológica de Florianópolis). A última atualização foi feita na manhã desta quinta-feira (17).

A plataforma contém dados sobre a evolução do novo coronavírus em Florianópolis. Ao todo, 164 pessoas são consideradas “infectantes”, que são casos confirmados com menos de 10 dias da data dos primeiros sintomas. Ainda segundo os dados, 27 pacientes estão internados e 129 morreram em razão da doença.


Os bairros sem casos ativos de Covid-19 são Vargem Pequena, Vargem Grande, Costa da Lagoa, Prainha, Pantanal, Morro das Pedras, Alto Ribeirão, Armação, Pantano do Sul, Vila Aparecida e Novo Continente.


Entre eles, os bairros que não registraram mortes e que estão sem casos ativos da Covid-19 são: Vargem Pequena, Costa da Lagoa, Morro das Pedras e Alto Ribeirão.


Já os bairros com apenas um casos ativos são: Ponta das Canas, Santinho, Cachoeira do Bom Jesus, Ratones, Canto da Lagoa, Costeira do Pirajubaé, Tapera, Carianos, Ribeirão da Ilha, Caieira Barra do Sul, Jardim Atlântico, Capoeiras e Coloninha.


Segundo a plataforma, o Centro é bairro com maior número de casos ativos: 15 infectantes. Em segundo lugar está Jurerê, com 10 casos. Balneário e Itacorubi ficam empatados em terceiro, cada um com oito pessoas infectadas.


Diferença nos casos estimados

Apesar no número baixo de casos ativos, a plataforma da prefeitura mostra os casos estimados da doença. Diferente dos 164 infectantes, o número estimado é de 1.656.


Existe uma discrepância também no número de pacientes recuperados. É informado que 11.671 pacientes que se recuperaram foram identificados, mas a estimativa é de que o total de recuperados seja maior: 15.444 pessoas.

Tal fato, eleva o número de casos totais de Covid-19 em Florianópolis, passando dos 11.991 confirmados para 17.100. A Prefeitura justifica que o número de casos estimados é o que mais se aproxima do real, quando se elimina limitações de tempo entre o surgimento de um caso e sua detecção por exame.


Casos ativos por bairros de Florianópolis (em ordem alfabética:

Abraão – 2

Agronômica – 5

Alto Ribeirão – sem casos ativos

Armação – sem casos ativos

Balneário – 8

Barra da Lagoa – 2

Cachoeira do Bom Jesus – 1

Caieira Barra do Sul – 1

Campeche – 4

Canasvieiras – 6

Canto da Lagoa – 1

Capoeiras – 1

Carianos – 1

Centro – 15

Coloninha – 1

Coqueiros – 2

Córrego Grande – 5

Costa da Lagoa – sem casos ativos

Costeira do Pirajubaé – 1

Estreito – 2

Fazenda do Rio Tavares – 2

Ingleses – 7

Itacorubi – 8

Jardim Atlântico – 1

João Paulo – 4

Jurerê – 10

Lagoa da Conceição – 2

Monte Cristo – 3

Monte Serrat – 2

Morro das Pedras – sem casos ativos

Novo Continente – sem casos ativos

Pantanal – sem casos ativos

Pântano do Sul – sem casos ativos

Ponta das Canas – 1

Prainha – sem casos ativos

Ratones – 1

Ribeirão da Ilha – 1

Rio Tavares – 3

Rio Vermelho – 4

Saco dos Limões – 4

Saco Grande – 5

Santinho – 1

Santo Antônio de Lisboa – 3

Sape – sem casos ativos

Tapera – 1

Trindade – 9

Vargem Grande – sem casos ativos

Vargem Pequena – sem casos ativos

Vila Aparecida – sem casos ativos





domingo, 13 de setembro de 2020

Pinguins alugados e jantar de R$ 1,5 milhão: os pedidos de férias mais loucos dos super-ricos

Pinguins alugados e jantar de R$ 1,5 milhão: os pedidos de férias mais loucos dos super-ricos
Imagem: Black-Tomato/Divulgação

De pinguins alugados a jantares milionários, os agentes de viagem de luxo conseguem transformar os pedidos de férias mais loucos dos super-ricos em realidade.
Os super-ricos podem ir a qualquer lugar e fazer qualquer coisa durante as férias, mas muitas vezes contam com equipes de especialistas altamente qualificados ​​e criativos para a realização de sonhos que pareciam impossíveis.

A Element Lifestyle garantiu a chave da Capela Sistina para que uma família nova-iorquina de seis pessoas pudesse admirar com tranquilidade as impressionantes pinturas de Michelangelo – uma experiência que custou cerca de R$ 400 mil (US$ 75 mil).

Já a Black Tomato enviou um cinegrafista de Hollywood, que havia filmado sucessos de bilheteria como “Star Wars”, para registrar a odisseia de uma família navegando pelas ilhas indonésias. No total, o grupo gastou cerca de R$ 3,5 milhões (US$ 665 mil).

Pinguins alugados e jantar de R$ 1,5 milhão: os pedidos de férias mais loucos dos super-ricos
Imagem: Element Lifestyle/Divulgação



“Às vezes há um elemento Willy Wonka na forma como trabalhamos. Isso é possível? Não sei … Vamos explorá-lo!”, disse Tom Marchant, cofundador da empresa especializada em viagens de aventura de luxo, à CNN Travel.

Entre os pedidos de férias mais loucos dos super-ricos está a surpresa feita por um cliente a sua namorada, que era obcecada por pinguins. Para deixar o fim de semana do casal mais especial, três pinguins foram alugados para a ocasião.

A Element Lifestyle também organizou um jantar privado de oito pratos oferecido pelo famoso chef Éric Ripert, do mundialmente conhecido Le Bernardin, de Nova York. Foram nove meses para convencer o chef francês estrelado a preparar esse jantar de mais de R$ 1,5 milhão (US$ 300 mil).

Além da personalização, os super-ricos valorizam a exclusividade. Catherine Heald, CEO e cofundadora da Remote Lands, diz que o verdadeiro luxo também tem a ver com logística. “Os viajantes ultra-ricos procuram acesso e assistência”, disse ela à CNN Travel.

Assim como no resto do mundo, as viagens de luxo estão mudando devido à pandemia. Os especialistas contam que os clientes estão procurando espaços abertos onde possam alugar casas particulares e estão privilegiando as viagens internas. Ilhas privadas, iates e jatos também estão em alta demanda, de acordo com Morgan-Grenville, da Red Savannah.

Desejo Luxo

Resort nas Maldivas lança pacote de home office de luxo por R$ 120 mil/semana

Crédito: Reprodução/The Nautilus Maldives
© Fornecido por Desejo Luxo Crédito: Reprodução/The Nautilus Maldives

Uma escrivaninha com vista para o mar, um assistente pessoal, refrescos à vontade e serviço de lavanderia gratuito nas Maldivas. Isso pode soar como uma lista de desejos dos sonhos de um trabalhador remoto, mas um resort de luxo acaba de lançar um “Pacote de Trabalho”, com todos esses benefícios e muito mais.

The Nautilus Maldives, que reabriu em 1º de setembro, está oferecendo aos turistas a chance de mudar sua rotina de home office, abrindo um escritório neste refúgio na reserva da UNESCO, no atol Baa, nas Maldivas, por até 21 dias. No entanto, uma experiência de trabalho como essa não sai barata.
Uma estadia de sete noites para dois em uma de suas 26 casas de praia tem um preço de US$ 23.250 (R$ 123 mil), enquanto uma estadia de duas ou três semanas custará aos hóspedes US$ 37.850 (R$ 200 mil) ou US$ 52.000 (R$ 275 mil), respectivamente.
Reclusão no paraíso
Crédito: Reprodução/The Nautilus Maldives© Fornecido por Desejo Luxo Crédito: Reprodução/The Nautilus Maldives
De acordo com a equipe do The Nautilus, os trabalhadores remotos terão “incrível reclusão” no resort, que está localizado em sua própria ilha particular, junto com sessões diárias de ioga, exercícios físicos e meditação e um cruzeiro privativo com golfinhos ao pôr do sol a bordo de um de seus iates de luxo.
Aqueles que reservarem o pacote também têm a opção de trabalhar em um banco de areia isolado com sua própria mesa pessoal e uma área sombreada por algumas horas por dia.
Com o objetivo de aliviar quaisquer preocupações dos visitantes em relação à entrada nas Maldivas, o resort enfatiza que a imigração “e outros processos” serão tratados em nome dos hóspedes enquanto eles relaxam em um lounge privativo no aeroporto.

As Maldivas estão atualmente abertas a todos os turistas, desde que tenham comprovação de um teste PCR Covid-19 negativo feito no máximo 72 horas antes de partirem de seu destino original. O pacote do resort é uma das várias ofertas atraentes voltadas para trabalhadores remotos, à medida que mais e mais pessoas continuam a trabalhar no esquema home office devido à pandemia de Covid-19.
Destinos como Barbados e Bermudas estão oferecendo vistos de trabalho remoto para turistas por até um ano.

Vários hotéis nos Estados Unidos estão oferecendo novos serviços para trabalhadores também. O hotel The Sawyer na Califórnia está oferecendo cabanas de piscina para uso como escritórios ao ar livre. Elas são completas com Wi-Fi, estacionamento gratuito e almoço por US$ 150 (R$ 794) por dia.
Enquanto isso, o Hamilton Hotel em Washington D.C lançou um pacote “Home-Away-From-Home-Office” que oferece aos hóspedes o uso de um quarto até as 16h. Além disso, ele oferece guloseimas para o café da manhã e uma cafeteira de luxo por US$ 109 (R$ 576) por dia.

Fique por dentro das novidades na nossa página no Facebook Desejo Luxo ou no nosso site www.desejoluxo.com.br
Desejo Luxo

Morre o jornalista José Paulo de Andrade, vítima de covid-19


Zé Paulo se consolidou como uma das vozes mais importes do rádio brasileiro - (Foto: Divulgação/Grupo Bandeirantes)


O jornalista estava internado desde o dia 7 de julho

Morreu hoje (17) em São Paulo o jornalista José Paulo de Andrade aos 78 anos. Segundo nota divulgada pelo Grupo Bandeirantes, ele estava internado desde o último dia 7 devido à covid-19 e não resistiu às complicações causadas pela doença. "Maior voz da Rádio Bandeirantes, ele estava há 57 anos na emissora", diz publicação da empresa no Twitter.
A estrada dá tudo que você precisa por [Mirella Rabelo, Rômulo Wolff]

José Paulo nasceu em São Paulo e iniciou a carreira profissional, em 1960, como radioescuta na Rádio América de São Paulo. Em 1963, começou a trabalhar na Rádio Bandeirantes como locutor esportivo, função que ocupou pelos 14 anos seguintes. Depois, passou a atuar também como apresentador e comentarista de programas jornalísticos, inclusive na televisão.
Em 1973, estreou no comando do Pulo do Gato, programa que abre as manhãs com notícias e prestação de serviço. Principal trabalho de sua carreira, José Paulo apresentava a atração desde então.
Vários jornalistas deixaram suas homenagens a Zé Paulo, como era conhecido, nas redes sociais. O diretor de jornalismo da Rede Bandeirantes, Fernando Mitre, lembrou dele como "Voz marcante no rádio brasileiro".

Rede TV

Jornalista Zildetti Montiel morre em decorrência da covid-19


Profissional atuou como apresentadora em várias emissoras

A jornalista Zildetti Montiel morreu na noite de segunda-feira (27) por complicações do novo coronavírus (Covid-19). Ao longo da carreira, a apresentadora passou por emissoras como Globo, Record, Bandeirantes e Cultura.
Zildetti estava internada desde o início do mês no Hospital Municipal da Bela Vista, em São Paulo. Uma vaquinha online chegou a ser organizada pela família para custear o tratamento e remédios. O quadro de saúde agravou-se na tarde de segunda.
A confirmação da morte foi feita em rede social pela filha Taate Montiel. “Não dá para explicar... Simplesmente não dá para explicar essa dor que eu estou sentindo. Meu Deus, me dá forças... Obrigada por tudo, mãe, você deixou a herança mais linda aqui para nós. (...) Você foi gentil, foi amiga, foi leoa, foi guerreira, foi admirável, foi íntegra, foi leal, foi conselheira, foi tudo que todos deveriam ser e ter”, diz o texto publicado.
A jornalista registrou passagens pela Globo, na apresentação do Bom Dia São Paulo, Jornal Hoje e Fantástico. Na Record, comandou o Jornal do Interior e A Mulher Dá o Recado. Na Band, apresentou o Jornal de São Paulo e Jornal da Noite. Na Cultura, esteve em RTC Tempo e Programa Ela. Atualmente, Zildetti trabalhava na organização do Prêmio Magnífico, concedido a destaques profissionais do ano.

(Foto: reprodução/Instagram)

Rede TV


Jornalista Rodrigo Rodrigues morre por complicações da Covid-19


(Foto: Reprodução/Facebook)

Aos 45 anos, ele teve uma trombose cerebral causada pela doença

Faleceu nesta terça-feira (28), aos 45 anos, o jornalista e músico Rodrigo Rodrigues por conta de complicações causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Segundo informações do Hospital da Unimed, do Rio de Janeiro, ele foi diagnosticado com uma trombose venosa cerebral e passou por uma cirurgia para aliviar a pressão intracraniana no domingo (26). No entanto, não resistiu aos efeitos da doença.

O portal "GloboEsporte.com" informou que Rodrigues informou no dia 9 de julho que esteve com um amigo que testou positivo para a Covid-19 e, em 13 de julho, fez o exame que apontou que ele também havia contraído a doença.

Desde então, ficou em isolamento em casa com sintomas leves da doença, como a perda de olfato e paladar. No entanto, no dia 25, ele deu entrada no hospital apresentando "vômitos, desorientação e dor de cabeça".

O apresentador era um dos mais reconhecidos do jornalismo esportivo, tendo uma longa carreira pelos principais canais de esporte do país. Em 1995, fez sua estreia na Rede Vida e passou por TV Cultura, SBT, Bandeirantes, ESPN Brasil, Gazeta e Esporte Interativo desde então.

Atualmente, estava trabalhando no Grupo Globo, especificamente, no SporTV. Rodrigues apresentou, pela última vez, o programa "Troca de Passes" no dia 9 de julho.

No campo musical, o jornalista tinha a banda "The Soundtrackers", formada em 2008 e que deu nome a um restaurante seu em Pinheiros, São Paulo. (ANSA)

Rede TV


Pandemia de coronavírus supera 921.000 mortes no planeta

Professores medem a temperatura durante treinamento antes da reabertura das escolas em Lahore, Paquistão
© Arif ALI Professores medem a temperatura durante treinamento antes da reabertura das escolas em Lahore, Paquistão

A pandemia do novo coronavírus provocou pelo menos 921.097 mortes no mundo desde que a unidade da Organização Mundial da Saúde (OMS) na China detectou o surgimento da doença em dezembro de 2019, de acordo com um balanço estabelecido pela AFP e atualizado na manhã deste domingo, com base nos dados oficiais dos países.

Desde o início da epidemia, mais de 28.819.490 pessoas contraíram covid-19. Do grupo, 19.133.300 milhões se recuperaram, de acordo com as autoridades.

No sábado foram registradas 4.806 mortes e 284.827 contágios no planeta. Os países que contabilizaram mais vítimas fatais em 24 horas foram Índia (1.114), Brasil (814) e Estados Unidos (523).

O total de óbitos nos Estados Unidos alcança 193.705, com 6.486.401 contágios. As autoridades consideram que 2.434.658 pessoas estão recuperadas.

Depois dos Estados Unidos, os países com mais vítimas fatais são o Brasil, com 131.210 mortes e 4.315.687 casos, a Índia (78.586 mortos e 4.754.356 casos), México (70.604 mortos e 663.973 casos) e Reino Unido (41.623 mortos e 365.174 casos).

Entre os países mais afetados, o Peru registra a maior taxa de mortalidade, com 93 óbitos para cada 100.000 habitantes, seguido por Bélgica (86), Espanha (64), Bolívia (63) e Chile (62).

A China, sem levar em consideração os territórios de Hong Kong e Macau, registra 85.184 pessoas infectadas, com 4.634 mortes e 80.399 totalmente recuperadas.




Desde o início da epidemia, América Latina e Caribe registram 309.317 mortes (8.229.215 contágios), a Europa 221.146 (4.471.410), Estados Unidos e Canadá 202.916 (6.622.504), a Ásia 114.518 (6.445.438), Oriente Médio 39.829 (1.671.988), a África 32.501 (1.348.379) e a Oceania 870 (30.563).

O balanço foi elaborado com os dados divulgados pelas autoridades nacionais e compilados pelas redações da AFP e com informações da OMS. Devido a correções por parte das autoridades ou ao atraso na publicação dos dados, o aumento dos números publicados nas últimas 24 horas pode não corresponder exatamente ao do dia anterior.

bur-ra/fp

AFP

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Florianópolis é a melhor cidade da América do Sul para se viver

Horário de visitação da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, é alterado  para obras | Santa Catarina | G1

Veja essa linda notícia que garimpamos pelas bandas de Floripa:

Nós já sabíamos.

Conhecido site de turismo internacional, o Tourist Maker, divulgando o que todos nós já sabíamos: *Florianópolis é a melhor cidade da América do Sul para se viver.* De acordo com a reportagem: O ambiente urbano é limpo e saudável, e a cidade possui um alto nível de infraestrutura.


CACAU MENEZES
Logo - ND

domingo, 6 de setembro de 2020

Saiba como funciona o turismo de isolamento e quais locais visitar


© kiattisakch/istock
O turismo de isolamento é uma prática antiga, mas que ganhou maior visibilidade com a pandemia do novo coronavírus, devido a segurança em locais privativos.



A ideia central desse ramo turístico é partindo da premissa onde a prática do isolamento social seja feita como uma escolha própria, e não somente por obrigação.
Assim, o indivíduo estará cumprindo com as restrições que foram recomendadas pela OMS, mas sem deixar de desfrutar de um local bonito, que reforce as energias, ao invés de ficar isolado em casa, mantendo uma energia negativa.

Por que optar por o turismo de isolamento na quarentena?

Bom, quando existe essa tomada de decisão, na qual um indivíduo quer sair de casa para acampar ou ver o mar, não há problemas.
Não importa se a rota traçada, as acomodações estão preparadas desde antes da pandemia, a receberem seus hóspedes, e mantê-los em privacidade e longe de outras pessoas.
Então, essa opção é vista como tirar um tempo de descanso, seja para a mente ou para recarregar as energias.
Vale ressaltar que a prática de viajar e buscar o melhor para si no momento não é tida como um descaso com tudo o que está acontecendo no mundo.
Mas sim, tirar um tempo para repensar no que fazer da vida, e como se manter firme, após todas essas dificuldades ocasionadas pelo vírus.

Para onde ir durante o isolamento?

No momento, as melhores opções de destinos devem ser escolhidas próximas ao local onde você reside.
Tentar viajar para fora do território brasileiro pode ainda não ser tão seguro. Mesmo alguns países terem iniciado a fase de reabertura, é melhor se prevenir, uma vez que a intenção é relaxar e não buscar mais problemas.
Seja qual for o seu estilo de viajante, existem inúmeras opções de locais para colocar em prática o turismo de isolamento.
Para estar prevenido contra imprevistos, é aconselhável viajar somente após a contratação de um seguro de saúde. Mesmo se tratando de locais isolados, não é somente o vírus que pode afetar o seu organismo.
Então, para que a viagem não seja interrompida com um mal súbito, busque um bom seguro de saúde.
Caso já tenha um, verifique com a empresa contratada quais são os seus benefícios e veja se o destino escolhido, possui as especificações atendidas pelo seguro.

Aventura

Se você está precisando de uma dose de adrenalina, o ideal é recorrer aos acampamentos.
Nesses lugares você estará em contato com a natureza, podendo ver cachoeiras e fazer trilhas. Saiba quais são os melhores locais para acampar nesses dias de quarentena:
●       Chapada dos Veadeiros – GO
●       Ilha Grande – RJ
●       Ilhabela – SP
●       Parque Estadual do Jalapão – TO
●       Parque Estadual dos Três Picos – RJ
●       Serra da Canastra, Delfinópolis – MG
●       Ubatuba – SP
●       Visconde de Mauá – RJ

Praias

Para quem mora nos extremos Sul e Sudeste do país, uma ótima opção é ir em busca de novos lugares.
Um exemplo disso são as belas praias presentes na região Nordeste do Brasil. Conheça as 5 praias que já estão reabertas e contam com hospedagens isoladas:
●       Fernando de Noronha – PE
●       Jericoacoara – CE
●       Morro de São Paulo – BA
●       Praia do Patacho – AL
●       Trancoso – BA

Viajar de carro é a melhor opção?

Após ter decidido para qual destino você irá, o próximo passo é saber como chegar até lá. Devido a esse momento complicado, onde o Coronavírus pode estar em qualquer ao nosso redor, todo o cuidado precisa ser redobrado.
Dessa forma, o ideal é que o trajeto seja feito de carro, ao invés de ônibus, trens ou avião, uma vez que nesses outros meios de transportes há um fluxo constante de passageiros, o que não é o recomendado no momento.
No entanto, antes de pegar a estrada, é preciso verificar se o automóvel está funcionando bem. Por isso, uma ida até a oficina mecânica é algo válido para ser feito.
Além disso, é muito importante ter o seguro auto em dia. Para que, caso ocorra alguma eventualidade no trajeto, você terá para quem recorrer.
Ligue para a sua seguradora, veja se tudo está nos conformes, busque mais informações sobre a cobertura oferecida pela empresa.
Assim, independente do tipo de estrada que você optar por conduzir o seu veículo, com o seguro auto contratado, a segurança estará garantida.
Caso aconteça uma colisão com um outro veículo em uma BR, ou uma batida na árvore no meio de um acampamento, você estará amparado.
De forma geral, o turismo de isolamento funciona como um escape do mundo real, onde você terá um lugar para chamar de seu, mesmo que seja no meio do mar, ou dentro de uma floresta.
Catraca Livre

Publicidade Google

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Americanas.com

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade Shoptime

Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta
Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade PagSeguro

PagSeguro BR

Publicidade Sumup