NOTÍCIAS MAIS VISTAS NO ANO

quarta-feira, 6 de maio de 2020

AM registra recorde de mortes e casos confirmados de Covid-19 em um único dia; total chega a 8.109 infectados e 649 mortos

O Amazonas registrou, nesta terça-feira (5), o maior número de casos e mortes pelo novo coronavírus confirmados em um único dia desde o início da pandemia. Conforme boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), nesta terça-feira, foram contabilizados mais 867 casos de Covid-19 e 65 óbitos. Agora, o estado totaliza 8.109 casos confirmados da doença e o número de mortes sobe para 649.
O sistema público de saúde do Amazonas vem apresentando dificuldade para atender a alta demanda causada pela pandemia e opera com cerca de 90% dos leitos ocupados. Em Manaus, o sistema funerário também começou a entrar em colapso, com estoque quase esgotado de caixões, enterros em valas comuns e caixões empilhados. O governador Wilson Lima afirmou que o comércio pode ser completamente fechado se os casos no estado não diminuírem até o dia 13.
De acordo com o boletim atualizado da FVS-AM, do total de pessoas infectadas no Amazonas, 4.804 são de Manaus e 3.305 são do interior do estado, com registro de casos em 53 municípios. Manacapuru configura o pior cenário, com 611 casos, e é a cidade com a maior incidência e maior mortalidade por Covid-19, por 100 mil habitantes, do Brasil.
Além da capital e Manacapuru, 52 municípios também têm casos confirmados: Parintins (263); Tabatinga (232); Iranduba (181); Santo Antônio do Içá (180); Itacoatiara (150); Rio Preto (145); Coari (143); Maués (139); Careiro Castanho (118); Carauari (116); Tefé (113); Presidente Figueiredo (105); Autazes (92); São Paulo de Olivença (89); Tonantins (59); Boca do Acre (52); Anori (47); Benjamin Constant (47); Amaturá (35); Urucará (34); Tapauá (28); Silves (26); Nova Olinda do Norte (25); Lábrea (21); Manaquiri (19); Maraã (19); São Gabriel da Cachoeira (18); Careiro da Várzea (17); Fonte Boa (17); Itapiranga (17); Novo Airão (17); Beruri (14); Barreirinha (12); Novo Aripuanã (12); Urucurituba (12); Jutaí (11); e Borba (10).
Os municípios de Caapiranga, Codajás e Manicoré têm sete casos cada um. Eirunepé tem seis casos. Barcelos, Canutama e Santa Isabel do Rio Negro têm cinco casos cada. Anamã tem quatro casos. São Sebastião do Uatumã tem três casos. Alvarães, Boa Vista do Ramos, Humaitá e Nhamundá têm dois casos. Os municípios com apenas um caso confirmado são: Atalaia do Norte e Juruá.
O boletim desta terça-feira aponta, ainda, que 4.904 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão em isolamento social ou domiciliar no Amazonas. De segunda (4) para terça (5), mais 97 pessoas se recuperaram da doença e estão fora do período de transmissão do vírus, totalizando, agora, 2.097 recuperados.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas há 459 pacientes internados, sendo 268 em leitos clínicos (75 na rede privada e 193 na rede pública) e 191 em UTI (70 na rede privada e 121 na rede pública).
Há ainda outros 979 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 735 estão em leitos clínicos (201 na rede privada e 534 na rede pública) e 244 estão em UTI (109 na rede privada e 135 na rede pública).

Mortes acima da média histórica

O número de mortes em Manaus disparou desde o início da pandemia do novo coronavírus até o dia 25 de abril e está 108% acima da média histórica. A análise exclusiva para o G1 foi feita pelo epidemiologista Paulo Lotufo, da USP, com base em dados capturados do Portal da Transparência do Registro Civil pelo engenheiro de software Marcelo Oliveira.
Para os especialistas, a taxa revela a subestimação das estatísticas oficiais. Em uma análise entre os dias 21 e 28 de abril, a quantidade de mortes por síndromes respiratórias e causas indeterminadas no Amazonas aponta que o número de pessoas que morreu por Covid-19 pode ser sete vezes maior do que o divulgado oficialmente.
22 de abril: enterro coletivo de vítimas de Covid-19 em realizado no cemitério de Nossa Senhora Aparecida em Manaus. — Foto: Michael Dantas/AFP22 de abril: enterro coletivo de vítimas de Covid-19 em realizado no cemitério de Nossa Senhora Aparecida em Manaus. — Foto: Michael Dantas/AFP
22 de abril: enterro coletivo de vítimas de Covid-19 em realizado no cemitério de Nossa Senhora Aparecida em Manaus. — Foto: Michael Dantas/AFP
O ministro da Saúde, Nelson Teich, cumpriu agenda em Manaus nesta segunda-feira (4), para avaliar o cenário do estado diante da pandemia do novo coronavírus. Durante o dia, Teich visitou o Comando Militar da Amazônia (CMA), além de hospitais da capital, para definir ações de enfrentamento à Covid-19 no estado. Teich chegou a afirmar que discutiu um programa para atendimento a indígenas com Covid-19, mas não apresentou nenhum prazo.
O sistema de saúde, à beira do colapso, recebe mais de 500 profissionais do Ministério de Saúde, nesta semana, para atuar no combate à Covid-19. Caixões têm chegado à capital por meio de barco, para abastecer o estoque da rede privada de funerárias, que opera em seu limite.
Medidas mais extremas também foram adotadas no maior cemitério público da capital: caixões são enterrados em valas comuns, caixões enterrados empilhados - medida cancelada após revolta de familiares - e instalação de contêineres frigoríficos para comportar corpos que aguardam o enterro.
Número de mortes por Covid-19 triplica a média diária de enterros em Manaus
--:--/--:--
Número de mortes por Covid-19 triplica a média diária de enterros em Manaus

G1 Amazônas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Favor comentar sem palavras ofensivas.

Publicidade Google

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Americanas.com

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade Shoptime

Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta
Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade PagSeguro

PagSeguro BR

Publicidade Sumup