NOTÍCIAS MAIS VISTAS NO ANO

quinta-feira, 12 de março de 2020

ÁGUAS DO MAR INVADE ASFALTO ENTRE MARAPANIM E MARUDÁ



As marés alta e baixa estão ligadas à força de gravitacional da Lua e da Terra, explica o professor de Oceanografia Física da Fundação Universidade de Rio Grande (FURG) Osmar Möller Júnior.
A Lua atrai os corpos em sua direção - todos os corpos, mas como as águas dos oceanos fluem mais livremente, a mudança é mais visível. Quando a Lua e a Terra estão alinhadas, a Lua exerce atração, no ponto mais próximo, sobre a água do mar.
Em um determinado momento, quando se estiver "embaixo" da Lua, haverá maré alta. Cerca de seis horas mais tarde, a rotação da Terra terá levado esse ponto a 90° da Lua, e ele terá maré baixa. Dali a mais seis horas e doze minutos, o mesmo ponto estará a 180° da Lua, e terá maré alta novamente. "Como a Terra segue girando, a rotação faz com que um mesmo ponto passe pela maré alta e pela baixa, em ciclos de 12 horas e 25 minutos, aproximadamente", diz Möller.




Fotos Beiradão Marudá

Publicidade Google

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade Shoptime

Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta
Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade PagSeguro

PagSeguro BR

Publicidade Sumup