Publicidade Google

terça-feira, 25 de abril de 2017

Cabo submarino que conecta Brasil e Espanha ficará pronto em 2019

Foto Reprodução

Em anúncio realizado na última segunda-feira (24), o presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, e o ministro brasileiro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, detalharam o andamento do projeto de um cabo submarino que conectará o Brasil à Espanha. Após diversos adiamentos, ele finalmente deverá ficar pronto em 2019.
A Alcatel Submarine Networks (que faz parte do grupo Nokia) foi a fornecedora escolhida para desenvolver o sistema do cabeamento. Ele terá cerca de 9,2 mil quilômetros de extensão ligando a cidade de Santos a Madri, com quatro pares de fibra ótica e capacidade total de 72 Tbps.
O cabo é fruto de uma parceria entre a EulaLink e a Telebras e vai suprir a necessidade de uma rota entre a América do Sul e a Europa, transmitindo dados com segurança e velocidade. De acordo com o presidente Rajoy, "a conexão reduzirá o tempo de transmissão de dados em 40%, e ganharemos em qualidade, disponibilidade e segurança nas comunicações" entre os continentes.

Foto reprodução
Marcelo Rehder, CCO da EllaLink, explicou que o projeto ainda está na fase de fechamento financeiro, e que serão necessários de três a seis meses para completar essa etapa. Na sequência, a construção levará pelo menos 24 meses. Tudo dando certo, o cabo submarino estará operando em pouco mais de dois anos.
A rota pré estabelecida partirá de São Paulo em direção ao litoral, onde duas fibras seguirão rumo à Europa. As demais fazem uma parada em Fortaleza, onde deverá chegar o ramal que fará a conexão do sistema com as Guianas — um outro projeto que ainda não saiu do papel. O cabeamento também passará pelo Chile, facilitando a comunicação entre o Large Synoptic Survey Telescope e a Europa. A partir da capital cearense, o cabo segue rumo a Portugal, de onde enfim encontra seu destino em Madri.
Outros destinos podem surgir em um futuro próximo, incluido a Ásia no roteiro. Atualmente, o Brasil se conecta com a Europa por meio de somente um cabo submarino construído em 1999, cuja capacidade não sobe muito além dos 20 Gbps. 

Tecmundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Favor comentar sem palavras ofensivas.

Publicidade Dietas

Publicidade Aliexpress

Publicidade Americanas

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade Sumup

Publicidade Avast