NOTÍCIAS MAIS VISTAS NO ANO

quarta-feira, 30 de maio de 2018

87% dos brasileiros apoiam greve dos caminhoneiros e rejeitam alta de imposto e corte de gasto, diz Datafolha

Fila de caminhões na BR-174 no sábado (26), sexto dia de greve dos caminhoneiros (Foto: Alan Chaves/G1 RR)
Fila de caminhões na BR-174 no sábado (26), sexto dia de greve dos caminhoneiros (Foto: Alan Chaves/G1 RR)
Sobre a continuidade da paralisação, porém, o apoio diminui: 56% acham que ela deve continuar enquanto 42% defendem o seu fim.

ma pesquisa do Datafolha divulgada nesta quarta-feira (30) mostra que 87% dos brasileiros apoiam a paralisação dos caminhoneiros, mas o mesmo percentual rejeita cortes no orçamento e aumento de imposto para atender às reivindicações da categoria.

Veículo de Dracena tem mensagem de apoio à greve dos caminhoneiros (Foto: Mariana Gouveia/TV Fronteira)O levantamento com 1,5 mil pessoas aponta que apenas 10% são contra a paralisação dos caminhoneiros, 2% são indiferentes e 1% não soube opinar.

Sobre a continuidade da paralisação, porém, o apoio diminui: 56% acham que ela deve continuar enquanto 42% defendem o seu fim.

Veículo de Dracena tem mensagem de apoio à greve dos caminhoneiros (Foto: Mariana Gouveia/TV Fronteira).

Veículo de Dracena tem mensagem de apoio à greve dos caminhoneiros (Foto: Mariana Gouveia/TV Fronteira)
Veículo de Dracena tem mensagem de apoio à greve dos caminhoneiros (Foto: Mariana Gouveia/TV Fronteira)
A pesquisa telefônica foi feita na terça-feira (29), dia em que os bloqueios diminuíram e os caminhões começaram a circular com mais frequência nas estradas do país. A margem de erro do levantamento é de três pontos para mais ou para menos.



Contra aumento de impostos
Embora seja solidário às reivindicações dos caminhoneiros, 87% dos entrevistados não concorda com as medidas encontradas pelo governo para atender os caminhoneiros. Apenas 10% aprovaram o aumento de impostos e o corte dos gastos federais, dentro de uma paleta bastante variada de opões.

Negociação
A avaliação sobre a condução da negociação entre o governo Michel Temer e os caminhoneiros também foi alvo da sondagem: 77% desaprovaram, 16% acham que foi regular, 6% aprovaram e 1% não souberam avaliar.


Para 96%, Temer demorou para negociar, contra 3% que consideram que o presidente o fez no momento correto.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Favor comentar sem palavras ofensivas.

Publicidade Google

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Americanas.com

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade Shoptime

Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta
Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade PagSeguro

PagSeguro BR

Publicidade Sumup