Publicidade Google

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Bloco dos Sujos em Florianópolis deve reunir 200 mil pessoas. Confira:


Bloco dos Sujos deve reunir 200 mil foliões, segundo PMF – Foto: Martinho Ghizzo/Divulgação

Maior bloco da cidade acontece neste sábado (22) e integra vários ‘sub-blocos’ concentrados por gostos musicais, amizade ou tradição e homens também se vestem de mulher

Dentro do Bloco dos Sujos ao menos outros 12 blocos coexistem. Os “sub-blocos” se espalham pelas ruas do Centro de Florianópolis. Da avenida Hercílio Luz à Prefeito Osmar Cunha, passando pela Escadaria do Rosário.


Bloco dos Sujos deve reunir 200 mil foliões, segundo PMF – Foto: Martinho Ghizzo/Divulgação

A festa de Carnaval a céu aberto acontece neste sábado (22) e deve reunir 200 mil pessoas, segundo estimativa da Prefeitura Municipal de Florianópolis.

Em grupos de Facebook é possível encontrar caravanas dispostas a percorrer os 32 km que separam o bairro Ingleses, no Norte da Ilha, do Centro e até mesmo 70 km — distância de Itapema, no Norte de Santa Catarina, a Florianópolis.

Os primeiros foliões do Sou Mais Eu tinham em comum as aulas no Colégio Catarinense e fundaram o bloco em 1975. Nas proximidades do colégio faziam a concentração durante à tarde, indo para a Praça 15 de Novembro apenas ao anoitecer.


O bloco Sou Mais Eu, que acontece dentro do bloco dos sujos, já ganhou prêmios de melhor bloco – Foto: Caco Bastos/Arquivo Pessoal

Com o passar do anos se juntaram ao bloco cônjuges, filhos, vizinhos, conhecidos e até personalidades das escolas de samba da Capital.

O Sou Mais Eu foi pentacampeão do concurso de blocos em 1990, 1991, 1992, 1997 e 1998.

Pop invade às ruas
Ainda no Bloco dos Sujos é possível encontrar “sub-blocos” embalados a música pop. A festa acontece na ladeira da rua Deputado Leoberto Leal, na Alameda Adolfo Konder e na rua Pedro Ivo.

Marcados para às 14h, os blocos costumam se estender pela madrugada. A diferença é a troca da rua pelas casas noturnas. A partir das 22h, a festa passa a contar com camarote, bar e ambiente climatizado.

Escadaria e Hercílio Luz
Na Escadaria do Rosário, o PQP (Pauta Que Pariu) reúne jornalistas a partir do 12h. Promovido pelo Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, o evento conta com abadá e almoço.

Já na avenida Hercílio Luz, o Rios Bar promove seu próprio bloco. O Rios Vem Que Tem dispensa as mesas e cadeiras laranjas, geralmente dispostas sobre a calçada, e promove uma festa com uma playlist eclética.

Na mesma região e dia o É Pra Ser de Bloco, promovido pelo grupo Caos, é uma opção para quem gosta de música eletrônica. Ao todo, quatro DJs se apresentam nas oito horas de festa.


Maior concentração dos Sujos é na praça 15 – Foto: Rosane Lima/Arquivo/ND

Praça 15 de Novembro
O Bloco dos Sujos é um lugar onde homens costumam vestir saias, vestidos e acessórios femininos e mulheres se lambuzam de glitter.

No Bloco dos Sujos, o Centro de Florianópolis recebe personalidades ilustres do mundo dos super-heróis como também fadas, princesas e piratas.

É ao redor da Praça 15 que acontece a maior concentração de foliões. Sem limite de idade, o público aproveita a festa, que este ano será embalada por “Fico Assim Sem Você”, “Só Love” e “ Nosso Sonho”. Todas músicas do cantor Buchecha.

O músico fará uma apresentação gratuita na Arena Skol Floripa, no Centro, a partir das 18h.


Fonte:


Publicidade Dietas

Publicidade Aliexpress

Publicidade Americanas

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade Sumup

Publicidade Avast