NOTÍCIAS MAIS VISTAS NO ANO

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Torneio de robótica explora o conhecimento de jovens


Foto: O evento começou ontem no Sesi de Ananindeua e vai até hoje | Wagner Santana

O evento começou ontem no Sesi de Ananindeua e vai até hoje

ormar profissionais do futuro, antenados à tecnologia, trabalhando a condição humana e o caráter. Com o tema “City Shaper - Construindo cidades inteligentes e sustentáveis”, o Pará recebe pela primeira vez umdos maiores torneios internacionais de robótica educacional, o Torneio Sesi de Robótica First Lego League.

É uma disputa que desafia crianças e adolescentes de nove a 16 anos a apontar uma problemática da sociedade moderna e encontrar soluções. O evento realizado no Sesi Ananindeua iniciou ontem e encerra hoje.

O Torneio faz quatro tipos de avaliações, com uma etapa regional que selecionará os destaques para a disputa da etapa nacional.

Além da robótica em si, os alunos também são despertados para valores como respeito, trabalho em equipe, disciplina, ética, entre outros. “Nossos alunos estão aqui propondo soluções para os problemas das cidades, melhorias da qualidade de vida”, destacou Marcia Arguelles, gerente executiva de Educação do Sesi.

Dentre os trabalhos inscritos no torneio está um projeto de Altamira, no qual a equipe produz um tijolo sustentável à base do caroço de açaí. E outro projeto de uma equipe da cidade de Soure propõe a criação de um aterro de resíduos sólidos não recicláveis elevado à base de argila, adaptado para cidades da Ilha do Marajó, onde o resíduo orgânico é destinado para a compostagem e os recicláveis são destinados às cooperativas. “Um dos benefícios do nosso projeto é que não produz chorume nem gás metano, porque é feita a separação do orgânico e não há condição de produzir chorume nem gás”, explicou o integrante da equipe Green League, o estudante do 2º ano do ensino médio de uma escola em Salvaterra, João de Deus Neto, 15.

Formato - Primeira Edição

- A disputa reúne 22 equipes de estudantes do Sesi e de escolas públicas e privadas do Pará, Maranhão e Amapá.

- Os times têm a missão de construir robôs com base na tecnologia Lego Mindstorms, que devem ser programados para cumprir várias missões.

- As atividades envolvem as diferentes áreas do conhecimento – de matemática às ciências. A visitação é aberta ao público.

Fonte:

Publicidade Google

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade Shoptime

Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta
Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade PagSeguro

PagSeguro BR

Publicidade Sumup