NOTÍCIAS MAIS VISTAS NO ANO

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Turistas pedem mais faixa de areia em Jurerê


Pouco espaço na areia – Foto: Flávio Tin/ND

Na curta faixa de praia disputam espaço crianças com seus castelos de areia, espreguiçadeiras com gente em busca da cor do verão, banhistas e uma variedade de vendedores.
Com mar calmo de águas mornas e tons de azul, as praias de Jurerê Internacional e Tradicional são um atrativo para turistas que visitam Florianópolis. Quem conhece Jurerê sempre volta. Como o casal de Brasília, Priscila Carvalho e Henrique Viegas, que passa férias na Ilha de Santa Catarina pela terceira vez. Para eles, o local é quase o retrato da perfeição.

“É a nossa praia preferida, o que não é legal é a faixa de areia. Agora que a maré começa a subir fica mais complicado”, comenta Priscila. Henrique, que visita Florianópolis a trabalho com frequência, opina que Jurerê poderia ter a praia alargada a exemplo do que foi feito em Canasvieiras. “Aqui é parecido com Canas, imagino o quanto Jurerê ficaria ainda mais bonita com a faixa de areia maior”, diz o turista da Capital Federal.


Na curta faixa de praia disputam espaço crianças com seus castelos de areia, espreguiçadeiras com gente em busca da cor do verão, banhistas e uma variedade de vendedores. Cadeiras, toalhas e guarda-sóis acompanham a dança da maré.

Bonita, porém…
“A gente vai andando com as cadeiras, não estou reclamando. Gosto de vir aqui, venho umas três vezes na temporada, mas com certeza seria muito melhor se a praia fosse mais larga”, afirma Ivo Mafra, morador de São José.

No domingo à tarde, ele observava o neto João Pedro brincar num pedacinho da praia. “Jurerê vale um investimento da prefeitura. Olha só como a praia está lotada, imagina com mais faixa de areia como estaria num dia de sol assim”, aponta Mafra.

O argentino Lucas Quirotti passa férias com a família em Jurerê pelo quinto ano. Para essa praia do Norte da Ilha ele tem muitos adjetivos e uma única reclamação. “Muy hermosa, pero hay poca arena”, diz Quirotti. Ele conta que passa a maior parte das férias no balneário e mesmo a praia preferida sendo estreita voltará sempre que puder.


Possível solução
Turista frequente de Jurerê, Vinicius Garcia procurava no domingo (26) um lugar na praia para aproveitar o último dia de férias em Florianópolis. “O chato daqui é isso, essa falta de espaço. Vi na TV que ficou muito bom o alargamento de Canasvieiras, acho que poderia ser feito aqui também”, comenta. Garcia acredita que o problema poderia ser resolvido com a retirada da vegetação do local.

Para o comerciante José Cláudio, que vive a primeira temporada em Jurerê, a Prefeitura de Florianópolis não precisaria fazer uma obra como a de Canasvieiras. “Aqui tem quase 15 metros de quiçaça (vegetação) que poderia ser retirada tranquilamente sem necessidade de usar draga para retirar areia. Iria dobrar o número de visitantes, o que seria bom para todo mundo”, acredita Cláudio.

Futuros engordamentos
Inaugurado há duas semanas, o alargamento da Praia de Canasvieira é um sucesso de público e de crítica. A faixa de areia que tinha de cinco a 10 metros de largura passou a ter até 50 metros após a obra de R$ 10,5 milhões realizada durante cinco meses.

A Prefeitura de Florianópolis já anunciou que pretende repetir a fórmula do engordamento em outras praias estreitas, entre elas Jurerê, Armação, Ingleses e a Beira-Mar Norte.

Fonte:
Logo - ND

Publicidade Google

Publicidade Portal das Malas

Portal das Malas

Publicidade Shoptime

Publicidade Submarino

Publicidade recargapay

Publicidade Timecenter

Publicidade Euro

Publicidade Trocafone

Publicidade Motorola

Publicidade Plantei

Publicidade Veloe

Publicidade Shoptime

Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta
Lançamentos de Cama, Mesa e Banho com até 50% de Cashback, receba até R$70 reais de volta

Publicidade JetRadar

Jetradar

Publicidade PagSeguro

PagSeguro BR

Publicidade Sumup